Impresso em: 20/08/2019 11:54:05
Fonte: http://www.redeto.com.br/noticia-26982-alunos-doam-400-sacos-de-cimento-para-obra-de-hospital-publico-no-to.html

Alunos doam 400 sacos de cimento para obra de hospital público no TO

17/05/2019 17:06:11

Divulgação/Marcio Vieira
Estudantes, professores e a direção do Colégio Estadual Dom Alano Marie Du Noday, em Palmas, se uniram em uma campanha de solidariedade em prol de hospital que irá oferecer tratamento gratuito para o câncer no Tocantins

Alunos do Colégio Estadual Dom Alano Marie Du Noday, em Palmas, promoveram uma campanha para levantar recursos destinados ao Hospital do Amor do Tocantins. Com as ações realizadas, a escola conseguiu adquirir quase 400 sacos de cimento. Alunos, professores e o gestor visitaram as obras do hospital e entregaram as doações, na quinta-feira, 16.

A professora de Artes Regina de Assunção Gomes, uma das coordenadoras da campanha, contou como a escola começou a mobilização. “Sentimos essa necessidade de realizar ações para ajudar o Hospital do Amor, porque temos alunos que estão passando por situações de tratamento de câncer”, frisou.

O diretor Givanildo Ferreira Bento, que acompanhou os alunos na visita às obras do hospital, destacou a importância da ação. “O mais importante foi a aula que esses alunos tiveram no hospital sobre a conscientização e prevenção do câncer. Percebemos que ajudar na construção do Hospital do Amor é um investimento, por isso, vamos realizar outras ações para continuar ajudando”, explicou.

Dos alunos que participaram da visita e da campanha, Victor Hugo Camilo Caldeira, 17 anos, matriculado na 3ª série do ensino médio, passou por um processo de tratamento de câncer. Ele fez tratamento no Hospital de Câncer de Barretos, São Paulo. “Lá a gente se sente acolhido, além do tratamento, temos psicólogos, fisioterapeutas, fiz equoterapia. E ter um hospital de referência em Palmas é importante para que a família possa estar próximo do paciente”, afirmou.

O estudante Lauro Ferreira, 16 anos, aluno da 2ª série, disse que gostou de conhecer mais sobre o trabalho desenvolvido pelo Hospital do Amor. “Essa visita à obra do hospital, me ajudou a conscientizar sobre a sua importância para a sociedade e, com isso, estaremos mais motivados a mobilizar outros estudantes para participarem das próximas ações”, comentou.

Câncer entre os jovens

Leonel Dias de Sousa, coordenador de Capacitação de Recursos do Hospital do Amor, e Gustavo Ruza, um dos engenheiros responsáveis pela obra, receberam os alunos e explicaram como está o andamento da obra.

Leonel esclareceu que a função principal do Hospital do Amor é o trabalho de conscientização e prevenção sobre o câncer. Ele explicou que o Hospital do Amor é uma referência no tratamento do câncer na América Latina. “No ano passado, foram atendidas 192 mil pessoas, entre elas, 805 pacientes oriundos do Tocantins. É uma doença que cresce 15% ao ano, são 14 mil novos casos. Toda família tem um parente ou conhece alguém que está fazendo um tratamento para combater um câncer, por isso, é importante, a mobilização de todas as pessoas e instituições para a construção do hospital”, ressaltou.

Leonel também explicou a necessidade de falar sobre o câncer nas escolas. “Estão surgindo muitos casos de câncer infantojuvenil e sabemos que se forem detectados no início da doença, as chances de cura são maiores”, disse.

Ações realizadas pela escola

O diretor Givanildo explicou que a unidade escolar desenvolveu várias ações, entre elas realizaram um Festival de Música, em dezembro do ano passado, promoveram rifas e bazares. Além disso, a escola contou com a parceria dos pais e de algumas empresas parceiras.

Tanto alunos como professores ressaltaram que a ação foi mais além, trabalhou os valores humanos como compaixão, resiliência, cooperação, generosidade e trabalho coletivo.

Também participaram da visita a diretora regional de Educação de Palmas, Cleizenir Divina dos Santos, e uma equipe de educadores.

 

Da Secom/Governo do TO