Impresso em: 02/06/2020 07:20:02
Fonte: http://www.redeto.com.br/noticia-3483-escutas-comprovam-esquema-fraudulento-no-naturatins.html

Escutas comprovam esquema fraudulento no Naturatins

17/07/2013 19:34:13

Divulgação
Escutas comprovam que no Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) existia uma quadrilha formada também por funcionários que eram responsáveis por fraudar a emissão de licenças ambientais
REDAÇÃO


Dando continuidade a operação “Licença Negra”,  que desarticulou um esquema de corrupção que fraudava a emissão de licenças ambientais no Tocantins, a Policia Civil (PC) prendeu na tarde desta quarta-feira, 17, o ex-assessor técnico do Naturatins, Flávio Henrique de Aquino Franchi, por suposto envolvimento com a quadrilha.

Segundo escutas telefônicas realizadas pela polícia, com autorização da justiça, ficou comprovada que no Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) existia uma quadrilha formada também por funcionários que eram responsáveis por fraudar a emissão de licenças ambientais.

A polícia informou ainda que as escutas deixam claro a participação de projetistas ou consultores no esquema de negociação ilícita para liberação de licenças ambientais.


Com base nas investigações, presididas pela Delegado da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic), Claudemir Luiz Ferreira, a Justiça também decretou a prisão do servidor do órgão Manoel Patrício Coelho Cabral Filho, suspeito de fazer parte do esquema.

As escutas revelam a participação efetiva de Marques de Miranda, Inspetor de recursos Naturais e do Diretor de Recursos Florestais, Ruberval Barbosa de Alencar, além de outros sete envolvidos. Apontam ainda que havia um chefe responsável pela coordenação das fraudes.

Até o momento foram identificados como suspeitos de participar do esquema fraudulento o inspetor de Recursos Naturais, Nascimento Marques de Miranda, o diretor de Recursos Florestais, Ruberval Barbosa de Alencar, Getúlio Abreu, Marcos Antônio de Aguiar Franco e Joab Pereira Leal.
 As investigações devem continuar com o objetivo de identificar e localizar todos os envolvidos nos caso.