Impresso em: 21/04/2021 01:21:39
Fonte: http://www.redeto.com.br/noticia-27758-estado-disponibiliza-vacinometro-detalhado-por-municipio.html

Estado disponibiliza vacinômetro detalhado por município

23/02/2021 12:11:00

André Araújo
Vacinômetro traz informações por município, público alvo, idade e outros

A partir desta segunda-feira, 22, a população tocantinense poderá acompanhar os dados da vacina contra Covid-19, recebidas e aplicadas, por cada município tocantinense. O “Vacinômetro”, disponibilizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), detalha a quantidade de doses recebidas, público alvo vacinado, idade, profissão, sexo e o ranking dos municípios por dose aplicada. O vacinômetro pode ser acesso no site: http://integra.saude.to.gov.br/covid19/Vacinometro

“A ferramenta retira os dados do sistema oficial do Ministério da Saúde, que são alimentados pelas equipes municipais de saúde. Quanto mais rápido foi à aplicação e alimentação do sistema, mais fidedigna será a informação para a população, demonstrando confiabilidade e transparência no processo de vacinação da população”, disse o Secretário de Estado da Saúde, Edgar Tollini.

Doses

No total foram distribuídas, até agora, 106.500, destas 69.013 foram distribuídas, sendo retidas o quantitativo da reserva técnica e as doses destinadas para aplicação da 2ª dose da última remessa recebida, conforme recomendações do Ministério da Saúde. Atualmente já foram aplicadas 37.414 doses da vacina, sendo 34.694 da 1ª dose e 2.720 da 2ª dose.

As doses distribuídas, neste momento, estão destinadas para aplicação nos grupos prioritários, que compreendem os idosos residentes em instituições de longa permanência, indígenas que moram em aldeias, profissionais de saúde que atuam na linha de frente de combate à Covid-19 e idosos com mais de 80 anos, orientou a gerente de Imunização da SES, Diandra Rocha

Dados epidemiológicos

O Tocantins já registra um total de 110.077 casos confirmados da doença. Destes, 99.936 pacientes estão recuperados e 8.656 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além de 1.485 óbitos.

Da Secom/Governo