Impresso em: 22/10/2021 06:40:37
Fonte: http://www.redeto.com.br/noticia-967-conselhos-de-policia-comunitaria-passam-por-restruturacao.html

Conselhos de Polícia Comunitária passam por restruturação

10/04/2013 06:24:56

Marcio Vieira

Com o intuito de impulsionar a participação da comunidade na implementação de políticas públicas de segurança no Tocantins, o Departamento de Polícia Comunitária da Secretaria de Segurança Pública (SSP) está trabalhando na reestruturação dos Conselhos Comunitários de Segurança e Defesa Social – Consegs.

Segundo o coordenador de Polícia Comunitária da Região Sul do Estado, Tenente Tiago Nascimento, o objetivo primordial é promover a integração entre instituições policiais e comunidade. “Os Consegs são muito importantes, pois dão uma maior sensação de segurança à população e se tornam um ponto de referência para a solução dos problemas relacionados à prevenção e à repressão da violência e da criminalidade”, diz.

Os Conselhos são formados por membros efetivos da comunidade em geral e por membros natos, representados por um delegado de polícia e um oficial da polícia militar. Entre os membros efetivos é eleita uma diretoria com quatro dirigentes para mandato de dois anos. “Nesse trabalho de reestruturação, estamos indo às comunidades para dar suporte à realização das eleições das diretorias e também no trabalho inicial de análise das necessidades da comunidade”, explicou Nascimento. Ao todo são 16 conselhos em todo o Estado presentes nas cidades de Araguaína, Gurupi, Palmas e Porto Nacional.

Os Consegs funcionam em sede própria ou nas dependências cedidas pelas Delegacias de Polícia, nas Unidades de Polícia Militar ou Corpo de Bombeiros. Em alguns locais há parceria entre Estado e Município com a cessão de uso dos prédios e lotes. “Tivemos casos em que a comunidade trabalhou em regime de mutirão para a construção da base de polícia comunitária. Para o Estado fica a responsabilidade de arcar com as despesas de manutenção dos prédios”, frisou Nascimento.

Participação da comunidade

Segundo o coordenador, é fundamental que os membros da comunidade sejam ativos e opinem nas reuniões do Conselho. “A participação da comunidade é muito importante nos Consegs, pois nos ajuda a identificar os problemas e buscar parcerias junto aos responsáveis pelos serviços de segurança pública e defesa social. Assim, também buscamos promover ações sociais e comunitárias como palestras e campanhas educativas”, ressaltou lembrando que quem quiser fazer parte de um conselho ou ter mais informações sobre o Conseg, basta procurar uma base da Policia Militar ou entrar em contato pelo telefone 3218-1836. 

 

Da Agência Tocantinense de Notícias