Impresso em: 18/09/2019 16:38:07
Fonte: http://www.redeto.com.br/noticia-974-safra-de-graos-deve-crescer-13-5-neste-ano-aponta-levantamento.html

Safra de grãos deve crescer 13,5% neste ano, aponta levantamento

10/04/2013 13:26:26

Divulgação

Desde o primeiro levantamento de intenção de plantio de grãos para a safra 2012/2013, divulgado em novembro do ano passado, a agricultura tocantinense apresenta crescimento com relação à safra 2011/2012. E a cada levantamento, os números mostram um cenário mais otimista. É o que confirma o sétimo levantamento, divulgado nesta terça-feira, dia 09, pela Comissão Estadual de Levantamento de Informação Agrícola.

No primeiro levantamento de 2013, a previsão era um aumento na produção de grãos de apenas 7,9%. Já no sétimo, saltou para 13,5%, em relação à safra 2011/2012, quando foram colhidas 2.381,28 mil toneladas de grãos e na previsão atual, de acordo com a Comissão, devem ser colhidas 2.703,69 mil toneladas. A área plantada com as principais culturas semeadas no Estado é de 816,09 mil hectares, variação positiva de 10,1%, se comparada à safra passada, de 741,01 mil ha.

Resultado positivo

As culturas pesquisadas obtiveram resultado positivo, com destaque para a soja de sequeiro, principal carro chefe na agricultura do Estado, com estimativa de crescimento de 22,9% na produção, com 1.568,44 mil toneladas. Na safra passada, a área plantada foi de 414,45 mil e a previsão para a safra 2012/2013 é de 506,44 mil hectares, ou seja, 22,2% de crescimento.

De acordo com o engenheiro agrônomo e assessor Executivo de Desenvolvimento Vegetal da Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, José Américo Vasconcelos, o aquecimento do mercado, tanto interno quanto externo, com o aumento de preços nas commodities agrícolas são fatores que têm incentivado e contribuído para este crescimento. “Os preços dos grãos estão superiores à média dos últimos dez anos, principalmente a soja. Em plena colheita, os preços no mercado interno têm acompanhado os preços do mercado internacional, entre baixas e altas. Esta semana os preços oscilaram com um viés de alta”, completou.

Dados

A comissão é formada pela Seagro - Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, Conab – Companhia Nacional de Abastecimento, Adapec – Agência de Defesa Agropecuária, Ruraltins – Instituto Rural do Tocantins e agentes financeiros. 

 

Da Agência Tocantinense de Notícias