Impresso em: 18/01/2022 13:25:08
Fonte: http://www.redeto.com.br/noticia-27312-inpe-numero-de-raios-aumenta-mais-de-243-no-tocantins-em-2020.html

Inpe: Número de raios aumenta mais de 243% no Tocantins em 2020

04/03/2020 09:46:41

Márcio Vieira/Governo do Tocantins
Nos dois primeiros meses deste ano, 677.245 descargas atmosféricas já caíram no Tocantins, conforme dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe)

REDAÇÃO
REDE TO


O Tocantins é um dos estados mais atingidos por raios do Brasil. Nos dois primeiros meses deste ano, 677.245 descargas atmosféricas já caíram no Tocantins, conforme dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Em 2019, foram registradas 2.182.732. O número é 243,72% maior se comparado a 2018.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, no ano passado, pelo menos seis pessoas morreram em consequência de descargas elétricas no Tocantins. Um dos casos que mais tristes ocorreu em outubro, em Araguaína, na região norte do estado. Luana Nicole Clementino e Almeida, de 11 anos, foi atingida por um raio no setor Raizal e morreu antes de dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Cuidados

O período chuvoso no Tocantins começou no final de setembro do ano passado e deve seguir até o mês de abril de 2020. Até lá, alguns cuidados devem ser tomados
 para evitar acidentes e prejuízos materiais. Confira algumas orientações da Energisa: 

- Ao perceber chuvas fortes acompanhadas de raios, retire os eletrodomésticos da tomada e evite contato com objetos metálicos que estejam ligados à eletricidade, como fogões e geladeira; 

- Não é recomendado o uso de chuveiro ou torneira elétrica (secador, chapinha, entre outros); 

- Evite utilizar telefone com linha ou celular que esteja conectado à tomada durante tempestades com raios. Também evite ficar próximo a tomadas, janelas e portas metálicas;

- Fique longe de estruturas altas, como torres de telefone ou de energia elétrica, ou de campos abertos. Não se abrigue embaixo de árvores;

- Mantenha distância de cabos partidos ou, em caso de acidente de trânsito envolvendo postes e a rede elétrica, não saia do carro. Se houver necessidade de sair, por princípio de incêndio ou outros fatores, caminhe com os pés juntos e não toque em partes metálicas do veículo.