Impresso em: 19/08/2018 02:32:05
Fonte: http://www.redeto.com.br/noticia-25923-veja-quem-sao-as-vitimas-da-tragedia-com-onibus-no-tocantins.html

Veja quem são as vítimas da tragédia com ônibus no Tocantins

29/01/2018 16:47:11

Imagem 1: Fotomontagem REDE TO; Imagens 2 e 3: Divulgação
Dilma Raimundo de Sousa Silva, Nayara Gomes Santos e José de Jesus Ribeiro estão entre as sete pessoas que morreram no acidente com um ônibus da Real Maia, na TO-040, em Dianópolis, na região sudeste do Tocantins

REDAÇÃO
REDE TO


Continuam internadas, no Hospital Geral de Palmas, duas das 20 pessoas que ficaram feridas no acidente com um ônibus da empresa Real Maia, neste domingo, 28, na TO-040, perto da cidade de Dianópolis, na região sudeste do Tocantins. 

De acordo com o HGP, Aderice Oliveira Vaz, que foi transportada até a capital no helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER), passou por procedimento cirúrgico e seu estado de saúde é considerado estável. Racabe Luiz dos Santos Rodrigues segue hospitalizado em observação.

Os outro cinco feridos encaminhados para Palmas já receberam alta. Sandra Almeida Freitas e Eder Mestre Aguiar foram liberados na manhã desta segunda-feira 29, enquanto Bruna Tatiane de Jesus Meneses, Rosangela Rodrigues Duarte e Francisco Carlos Vinicius dos Santos deixaram o HGP ainda no domingo. 

Sete mortes

O acidente matou sete pessoas. São elas: Dilma Raimundo de Sousa Silva, Nayara Gomes Santos, Francisca Maria Ferreira de Souza, Jecy Cirqueira, Angela Raquel Vanolli Mourão, José de Jesus Ribeiro e Caroline Tavares Lustosa. 

Dilma era servidora pública do Banco do Empreendedor do Tocantins. "Tivemos o privilégio de ter grande parte de sua vida compartilhada conosco, nestes cerca de 20 anos de convivência. Anos estes, marcados pela alegria e um sorriso sempre presente", lamentou o BEM em nota.

Com 33 anos, Nayara era professora de Matemática na rede municipal de ensino de Dianópolis desde 2015. Ela dava aulas na Escola Municipal Projeto Tucunzinho.  Em um comunicado, a prefeitura afirmou que a educadora se destacava por sua
 "dedicação, profissionalismo e ética".

José de Jesus, conhecido como "Neguinho", era funcionário de uma fazenda na região. 

O acidente

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a tragédia aconteceu por volta de 1 hora da madrugada, no trevo de Novo Jardim. O veículo, que fazia a linha Barreiras (BA) - Palmas, tombou em uma curva depois de apresentar problemas nos freios.

A Real Maia informou que assim que tomou conhecimento do acidente, enviou um representante ao local para auxiliar as vítimas. A empresa declarou também que está à disposição para prestar esclarecimentos e colaborar com as investigações. Ela disse ainda que todo o custo com transporte das vítimas está sendo arcado pela empresa.