publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 19 de fevereiro de 2020
Siga a REDE TO

Educação

Após paralisação na rede estadual, 18 dias letivos deverão ser repostos

23/04/2014 17h48 | Atualizado em: 23/04/2014 19h02

Divulgação Seduc encaminhou ofício ao Sintet solicitando o calendário de reposição de aulas dos dias letivos perdidos por causa da greve

A Secretaria de Estado da Educação e Cultura (Seduc) requereu ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Tocantins (Sintet) que sugira o calendário de reposição de aulas dos dias letivos referentes ao período da mobilização grevista deflagrada pela entidade. Em ofício encaminhado à entidade nesta terça-feira, 22, a secretária Adriana Aguiar solicita que a proposta de calendário de reposição seja entregue até a próxima sexta-feira, 25, a fim de agilizar o início das reposições.

A elaboração do calendário por parte do Sindicato atende a uma reivindicação da própria entidade. A Seduc avaliará a proposta, que deve considerar um calendário único para todas as escolas da rede estadual. “Com o apoio das Diretorias Regionais de Gestão e Formação, a Seduc acompanhará a reposição para que sejam garantidos os 200 dias letivos, a carga horária das aulas e também a qualidade do ensino.”, disse Adriana Aguiar.

Conforme levantamento da Secretaria, são 18 dias letivos a serem repostos.

 

Da Ascom/Seduc




 

Leia sobre: AulasGreveParalisaçãoReposiçãoSeducSintetTocantins
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.