publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sábado, 24 de outubro de 2020
Siga a REDE TO

Estado

Cultivo de flores tropicais no Tocantins tem crescimento de 30% ao ano

19/04/2013 10h03

Lia Mara /ATN

A alta rentabilidade e um mercado que cresce 30% ao ano tem dado posição de destaque à produção de flores tropicais no Tocantins. A facilidade de manejo e o clima favorável, aliados a tecnologia desenvolvida no Estado, são alguns motivos que fazem com que prática desperte o interesse dos produtores.

Em 2012, o Tocantins produziu 56 toneladas de flores tropicais e faturou com o produto um montante estimado em R$ 1,5 milhão, valor 20% maior que o de 2011. Atualmente, no Estado, são cultivados 40 hectares de cerca de 20 espécies. As mais comuns são helicônias, apinias e bastão do imperador. A produção está espalhada pelas regiões de Araguaína, Palmas, Lajeado e Dianópolis.

De acordo com o presidente da Associação Tocantinense de Produtores de Flores Tropicais (Astropicais), Marcino Pereira, as vantagens de produção têm atraído novos investidores. “A cada dia essa produção tem chamado a atenção das pessoas. Atualmente, nosso maior percentual ainda é vendido no Tocantins, mas estamos nos preparando para exportar para outros estados”, disse.

Um dos principais motivos para o sucesso das flores tropicais é a durabilidade. De acordo com a cerimonialista e organizadora de eventos Naria Leila, grande parte dos clientes optam por espécies tropicais para a decoração de eventos. “Temos uma procura grande por flores tropicais, principalmente quando são eventos corporativos. O motivo é a maior durabilidade. No caso dos casamentos elas são mais utilizadas naqueles realizados no campo, justamente pela durabilidade e também pelo colorido que ela traz ao ambiente”, explicou.

A empresária Lara Araújo, proprietária de uma das maiores floriculturas da Capital, explicou que 20% das flores comercializadas em seu estabelecimento são de espécies tropicais, a procura é maior para a decoração de eventos com duração de mais de um dia. “A durabilidade das espécies é o motivo da escolha”, informou. A empresária também explicou que sua demanda de vendas é suprida pela produção que possui na própria chácara.

Agrotins

Para incentivar a prática, o Governo do Tocantins irá oferecer uma programação específica sobre o manejo de flores na Agrotins 2013- Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins, que acontece de 7 a 11 de maio no Centro Agrotecnológico de Palmas, localizado no quilometro 23 da TO 050.

Uma parceria entre a Astropical, o Sebrae, a Sedecti e a Seagro vai possibilitar a realização de uma programação voltada para a produção de arranjos ornamentais com flores tropicas. Durante os cinco dias do evento será realizada uma exposição de arranjos. Além disso, os decoradores e designer poderão participar de um curso de técnicas específicas voltadas para a manipulação desse tipo de flor.

Orquídeas

O Governo também pretende estimular a produção de orquídeas no Tocantins. Para isso, este ano será oferecido na Agrotins uma programação voltada para o incentivo ao cultivo e para os colecionadores das espécies.

Toda a programação ficará por conta da Associação Goiana de Orquidófilos (AGO), que participará pela primeira vez da feira e realizará uma exposição com cerca de mil exemplares de 30 espécies. “Além das plantas mais comuns, iremos levar plantas de espécies raras voltadas para colecionadores”, explicou o presidente da entidade Aurion Cardoso D’avila.

O presidente, que também cultiva orquídeas há duas décadas, deve ministrar cursos voltados para novos produtores e colecionadores. “O curso está previsto para acontecer no dia 10 de maio, mas podemos abrir novas turmas caso surja a demanda”, explicou ele.

O curso será realizado no Pavilhão Central da Agrotins às 16 horas. Além das flores e das mudas, a entidade também destinará para comercialização no local alguns defensivos, adubos, substratos e vasos específicos para o cultivo das orquídeas.


Da Agência Tocantinense de Notícias

Leia sobre: CultivoFloresProdutividadeTocantinsTropicais
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.