publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sexta, 22 de novembro de 2019
Siga a REDE TO

Entretenimento

Ator Robin Williams é encontrado morto aos 63 anos na Califórnia

11/08/2014 21h33 | Atualizado em: 11/08/2014 21h49

Divulgação A suspeita da polícia dos Estados Unidos é que Williams teria se suicidado por asfixia

O ator e comediante norte-americano Robin Williams, de 63 anos, morreu nesta segunda-feira (11), em Tiburon, no norte da Califórnia. A suspeita da polícia dos Estados Unidos é que Williams teria se suicidado por asfixia. O ator foi encontrado pelo serviço de emergência em sua residência, já inconsciente e sem respirar, por volta de meio-dia (horário da Califórnia). A polícia anunciou que vai conduzir uma investigação sobre a causa e as circunstâncias da morte do comediante.

Ganhador do Oscar de melhor ator coadjuvante em Gênio Indomável, Robin McLaurin Williams começou sua carreira em meados da década de 70. Nascido em Chicago, no dia 21 de julho de 1951, Williams foi descoberto enquanto se apresentava em casas noturnas, e ganhou o papel de Mork na série de TV Happy Days, de 1974. Seu sucesso garantiu que o personagem ganhasse uma série exclusiva, Mork & Mindy, lançada em 1978.

Famoso mundialmente por sua performance como ator de comédias, Williams interpretou papéis divertidos e protagonizou sucessos de bilheteria como Popeye (1980), Uma Babá Quase Perfeita (1993), Jumanji (1995), Patch Adams – O Amor é Contagioso (1998), O Homem Bicentenário (1999) e Uma Noite no Museu (2006).

Transitar entre a comédia e o drama era uma de suas habilidades, e suas interpretações em Bom Dia, Vietnã (1988), Sociedade do Poetas Mortos (1990), Pescador de Ilusões (1991) e Gênio Indomável (1998) foram reconhecidas e aplaudidas. Além do Oscar que recebeu por sua atuação neste último, em 1998, Williams recebeu mais três indicações – pelas atuações nestes filmes.

De acordo com a nota divulgada pela polícia norte-americana, Williams foi visto com vida em sua casa, onde ele vivia com sua mulher, na noite de domingo. A esposa do ator, Susan Schneider, divulgou um comunicado onde afirma que “o mundo perdeu um de seus artistas mais amados” e pede que o foco não seja na morte de Williams, “mas sim nos incontáveis momentos de alegria e risadas que ele proporcionou a milhões de pessoas”.

 

Do Portal EBC

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.