publicidade
publicidade
Max:30° Min:22°
Araguaína
Araguaína-TO, segunda, 10 de dezembro de 2018
Siga a REDE TO

Destaques

Anvisa suspende lotes de medicamento com odor alterado no país

A agência também proibiu a venda de vários cosméticos sem registro

26/09/2014 10h15 | Atualizado em: 26/09/2014 11h25

Divulgação Medicamento com odor alterado foi recolhido das prateleiras pelo laboratório fabricante; cosméticos sem registro também devem ser retirados de circulação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta sexta-feira (26) a suspensão da distribuição, do comércio e do uso, em todo o país, de todos os lotes do medicamento Alumimax (Hidróxido de Alumínio) 60 mg/ml, suspensão oral. Segundo a agência, a empresa fabricante do antiácido, Natulab Laboratório S.A., comunicou o recolhimento voluntário após não identificar as causas de um odor alterado no remédio.

Também foi suspensa a distribuição, a comercialização e o uso dos lotes DEHR 006 e DEHR 007 do cosmético Loção Oleosa – Ácidos Graxos Essencias (Age) com Vitamina A – E, Deriva- Rivka. A Anvisa informou que ambos os lotes, fabricados pela empresa Hadassah Cosméticos Ltda, apresentaram resultados insatisfatórios no ensaio de aspecto.

A agência interditou cautelarmente, pelo prazo de 90 dias, o lote AR 877 do medicamento Carbamazepina 200mg, comprimido, fabricado por Sanval Comércio e Indústria Ltda. A medida foi tomada após resultado insatisfatório obtido no ensaio de dissolução.

Já o produto Ideal Shampoo para limpeza, fabricado por uma empresa desconhecida, foi suspenso após a comprovação de que o cosmético estava sendo fabricado e comercializado sem ter registro ou notificação.

A Anvisa suspendeu ainda todas as publicidades que atribuam propriedades terapêuticas ao alimento de marca Pontencil Masculino. “O produto, distribuído pela empresa Brascom Home Telemarketing Ltda – Me, estava sendo divulgado irregularmente, por meio da internet, com alegações que contrariam o registro na Anvisa e podem induzir o consumidor ao erro em relação à verdadeira natureza do produto”, informou.

Todas as determinações foram publicadas nesta sexta no Diário Oficial da União.

 

Da Agência Brasil

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.