publicidade
publicidade
Max:33° Min:22°
Araguaína
Araguaína-TO, domingo, 18 de novembro de 2018
Siga a REDE TO

Destaques

Sobe para oito número de corpos resgatados após naufrágio no MS

A embarcação afundou na quarta-feira, 24, durante uma tempestade

27/09/2014 11h47 | Atualizado em: 27/09/2014 11h58

Divulgação A embarcação, que continua submersa, afundou em uma região do Rio Paraguai em que a profundidade chega a 20 metro

Cinco corpos de pessoas que estavam no barco-hotel que afundou na quarta-feira (24) no Rio Paraguai, no Pantanal de Mato Grosso do Sul, foram encontrados nesta sexta-feira (26). Os trabalhos de resgate, encerrados no início da noite por falta de visibilidade no local, foram retomados neste sábado (27).

Seis pessoas ainda estão desaparecidas e, no total, oito corpos foram retirados da embarcação. O comandante do Corpo de Bombeiros em Porto Murtinho, tenente Landis Dorneles Pereira, informou que quatro corpos foram achados nesta sexta-feira fora da embarcação – um deles a 5 quilômetros do local do acidente – e um, dentro do barco.

A embarcação afundou por volta das 17h30 (18h30 no horário de Brasília) da quarta-feira a 444 quilômetros a oeste de Campo Grande. De acordo com os bombeiros, 16 turistas brasileiros e dez tripulantes paraguaios estavam no barco, chamado Sonho do Pantanal, na hora do acidente. Durante as buscas de quarta-feira, 12 pessoas foram resgatadas.

Cinquenta homens fazem o trabalho de resgate, dos quais 14 são mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul e seis da Marinha paraguaia.

Segundo os bombeiros, o acidente ocorreu durante uma tempestade, com ventos até 93 quilômetros por hora. A embarcação, que continua submersa, afundou em uma região do Rio Paraguai em que a profundidade chega a 20 metros.

 

Da Agência Brasil

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.