publicidade
Araguaína-TO, terça, 07 de julho de 2020
Siga a REDE TO

Rede 190

Dupla é presa acusada de fabricar e vender identidades falsas por R$ 300 na capital: suspeitos responderão por crime de estelionato

06/11/2014 17h25 | Atualizado em: 07/11/2014 23h17

Fotomontagem REDE TO Marcelo Barreto da Silva e Dean Ramos foram presos nesta quarta-feira, 05, em Palmas, por estelionato: dupla fabricava e vendia identidades falsas

REDAÇÃO


Dois homens foram presos em flagrante na noite desta quarta-feira, 06, em Palmas, acusados de confeccionar e vender identidades falsas. Os suspeitos são Dean Ramos da Silva e Marcelo Barreto da Silva. 

De acordo com informações da Polícia Militar, Dean foi o primeiro a ser detido. O suspeito foi abordado na Quadra 607 Norte e durante revista, a PM encontrou com ele, vários RGs falsos, fotos 3x4 de outras pessoas e R$ 32 em dinheiro.

Dean confessou que confeccionava os documentos falsos e disse que os repassava para um vendedor. As identidades eram comercializadas por R$ 300. 

Orientado pelos militares, Dean ligou para Marcelo, disse que tinha alguém interessado em adquirir uma identidade falsa e marcou um encontro com o comparsa. 

Sem saber que a polícia o esperava, Marcelo foi até Dean e também acabou detido. Com ele, os policiais apreenderam duas impressoras usadas na fabricação das cédulas falsificadas. 

Dean e Marcelo foram encaminhados para a delegacia de plantão e autuados por estelionato. Na delegacia, a polícia descobriu que Marcelo já havia sido preso pelo mesmo crime e também por receptação de veículo furtado. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.