publicidade
publicidade
Max:32° Min:22°
Araguaína
Araguaína-TO, quarta, 14 de novembro de 2018
Siga a REDE TO

Destaques

Jihadistas ameaçam atirador que matou Osama Bin Laden

07/11/2014 12h11 | Atualizado em: 07/11/2014 12h45

Reprodução/Twitter Robert O’Neill, de 38 anos, disse, na quinta-feira (6), ter matado Bin Laden com um tiro na cabeça

Um ex-membro do Comando das Forças Especiais da Marinha americana, conhecido como Seal, disse publicamente ter sido ele quem matou o líder da Al Qaeda, Osama Bin Laden, em 2011, provocando imediatamente ameaças de morte de jihadistas.

Robert O’Neill, de 38 anos, disse, na quinta-feira (6), ao jornal The Washington Post, ter matado Bin Laden com um tiro na cabeça, no dia 2 de maio de 2011, durante um ataque dos Seal ao seu esconderijo em Abbottabad, no Paquistão. Quando participou da operação para capturar Bin Laden, O’Neill já tinha 15 anos de experiência com os Seal.

Os jihadistas logo começaram a lançar ameaças de morte contra O’Neill. Fotografias do atirador acompanhadas de mensagens em árabe e em inglês apelando a “lobos solitários” para vingarem a morte do líder da Al Qaeda foram divulgadas no microblog Twitter e no fórum dos jihadistas, chamado de Al Minbar.

“Enviaremos aos lobos solitários na América a fotografia deste Robert O’Neill que matou o xeque Osama Bin Laden”, diz uma das mensagens em árabe, enquanto outra declara nas duas línguas: “Para vocês, caros muçulmanos nos Estados Unidos da América, eis a oportunidade de entrarem no paraíso”.Um ex-membro do Comando das Forças Especiais da Marinha americana, conhecido como Seal, disse publicamente ter sido ele quem matou o líder da Al Qaeda, Osama Bin Laden, em 2011, provocando imediatamente ameaças de morte de jihadistas.

Da Agência Lusa

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.