publicidade
publicidade
Araguaína-TO, terça, 22 de outubro de 2019
Siga a REDE TO

Estado

Impasse: Aspol rejeita possibilidade de acordo e critica governo do TO

Sem consenso, Polícia Civil (PC) deve declarar estado de greve nesta sexta

19/02/2015 09h33 | Atualizado em: 19/02/2015 16h42

Divulgação Associação dos Policiais Civis do Estado do Tocantins avalia como desrespeitosa a tentativa do governo de dialogar com entidades que representam os servidores

A forma como o governo do estado está tentando dialogar com os sindicatos dos servidores estaduais foi avaliada como desrespeitosa pela a Associação dos Policiais Civis do Estado do Tocantins. Os representantes da entidade se retiraram antes do fim da reunião com o governo realizada na tarde desta quarta-feira, 18, em Palmas.

“É lamentável que o Governador Marcelo Miranda tenha decidido tratar os servidores públicos estaduais desta forma e encarar uma greve geral em menos de três meses de mandato. Nós, da Polícia Civil, nos sentimos enganados. Desde o início do ano tentamos manter um diálogo franco, mas percebemos que a intenção do Governo é ganhar tempo e gerar uma discórdia entre as entidades”, disse o presidente da Aspol, Paulinho Sousa Lima.

Segundo a entidade, com o impasse e a falta de uma proposta concreta, tudo caminha para que a Polícia Civil do Estado do Tocantins declare estado de greve nesta sexta-feira, 20.

“Este governo insiste em afirmar que os nossos direitos irão comprometer o limite de gastos com pessoal, mas as nomeações e os contratos estão acontecendo em diversas secretarias. Tentar anular benefícios concedidos legalmente e que cumpriram todos os prazos e ritos necessários é ditatorial, desumano e ilegal”, criticou Paulinho.

 

Com Ascom/Aspol-TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.