publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 15 de julho de 2019
Siga a REDE TO

Rede 190

Crueldade: Corpo de dentista é encontrado às margens da BR-230

Duas pessoas estão presas acusadas de envolvimento com o assassinato

16/03/2015 19h17 | Atualizado em: 18/03/2015 23h12

Divulgação O corpo do dentista Clébio Pereira Guedes foi encontrado, na tarde desta segunda-feira, 16, próximo ao povoado Transaraguaia, em Araguatins

REDAÇÃO


O corpo do dentista Clébio Pereira Guedes foi encontrado, na tarde desta segunda-feira, 16, às margens da BR-230, a Transamazônica, próximo ao povoado Transaraguaia, em Araguatins, no extremo-norte do Tocantins, região do Bico do Papagaio.

Preso na última quinta-feira, 12, Manoel Fabrício Teles, suspeito do crime, indicou a localização do corpo, encontrado em estado avançado de decomposição. As causas da morte ainda não foram divulgadas, mas, de acordo com a perícia, há indícios de que o dentista tenha sido torturado. Parte da perna esquerda dele foi arrancada. 

Clébio desapareceu no último dia 7 de março, quando foi visto pela última vez, em um supermercado, em Augustinópolis, cidade onde o odontólogo morava. No dia em que sumiu, o odontólogo tinha combinado de passar na casa de amigos para, juntos, irem a uma festa em João Lisboa (MA).

O suspeito, morador de Parauapebas (PA), foi preso depois que a polícia descobriu no celular dele, mensagens de ameaça feitas contra o dentista. Uma testemunha contou ter visto Manoel dirigindo o carro da vítima, em Marabá (PA), um dia depois que o dentista desapareceu. O veículo foi encontrado em um desmanche na cidade paraense. 

Conforme o inquérito, Clébio teria tido um caso com a namorada de Manoel. Ao tomar conhecimento da traição, Manoel passou a ameaçar de morte o odontólogo. No dia 7, ele teria ido até Augustinópolis cumprir a promessa de vingança. Ele, porém, não teria praticado o crime sozinho.  

A polícia investigação a participação de outras pessoas no homicídio. Um segundo suspeito, Estevão Castro, também está preso. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.