publicidade
publicidade
Araguaína-TO, domingo, 05 de abril de 2020
Siga a REDE TO

Estado

Agrotins: Feira espera movimentar R$ 600 mi em negócios este ano

O evento será realizado de 5 a 9 de maio e contará com 530 expositores

31/03/2015 17h10 | Atualizado em: 01/04/2015 20h10

Divulgação Com o tema Cadeia Produtiva de Grãos, foi lançada na manhã desta terça-feira, a Agrotins Brasil 2015

Com o tema Cadeia Produtiva de Grãos, foi lançada na manhã desta terça-feira, 31, no auditório do Palácio Araguaia, a Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins Brasil 2015). Neste ano, a Feira trará as principais novidades para o agronegócio de alto desempenho, transferindo tecnologia para todas as etapas do setor produtivo, minimizando os custos e potencializando os resultados, por meio das mais avançadas técnicas disponíveis no mercado. A intenção do Governo do Estado é ainda fazer da Agrotins uma oportunidade para troca de experiências e geração de emprego e renda.

A Feira vai ser realizada de 5 a 9 de maio e deve contar com a participação de 530 expositores, em uma área de 790 mil m². Conforme o secretário de Estado de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária, Clemente Barros, a intenção do Governo é movimentar cerca de R$ 600 milhões em volume de negócios e capacitar 15 mil pequenos, médios e grandes agricultores. “A expectativa deste ano para a Agrotins é muito boa, vai além do que vem acontecendo nos anos anteriores”, disse.

Durante abertura, o governador Marcelo Miranda (PMDB) destacou o grande potencial do Tocantins para a produção de grãos. Segundo ele, o Estado dará todas as condições necessárias aos produtores para que melhorem os seus negócios. Ele também destacou a importância da sustentabilidade para a consolidação efetiva do potencial agrícola local.

“Queremos transformar o Tocantins em uma grande fronteira para o agronegócio e a Agrotins é uma mostra dinâmica do bom resultado do homem do campo. Essa feira será um grande encontro de produtores, técnicos, pesquisadores, estudantes, empresários e principalmente instituições de apoio e fomento para o Estado”, afirmou.

Segundo dados da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan), a área do Tocantins corresponde a 27,76 milhões de hectares. Destes, 13,8 milhões possuem potencial agrícola. Além disso, o Tocantins é líder na Região Norte em termos de produção, com 3,74 milhões de toneladas de grãos na safra 2014/2015.

Marcelo Miranda ressaltou a importância de parcerias nas esferas federal, estadual e municipal. “Não vamos abrir mão de que os poderes instituídos possam ser parceiros no processo de fortalecimento do Tocantins no agronegócio brasileiro”, disse.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Rural de Palmas, Roberto Sahium, o potencial para a agricultura é o diferencial do Estado, que também ganha em termos de logística e recursos naturais. Ele ainda lançou o desafio para que, nas próximas edições, a feira também discuta o reaproveitamento do lixo para adubos orgânicos. “O retorno sustentável é importante para todos nós. Assim, sabemos que podemos utilizar grande parte do lixo que produzirmos para serem transformados e adubos e reduzir gastos”, afirmou.

Laudair Rech Bulgarelli, supervisor de vendas da Meridional, concessionária John Deere, participa todos os anos da Agrotins. Segundo ele, através da feira, a empresa faz a definição do ano em termos de vendas. “Todos os anos temos um ótimo crescimento em termos de vendas na Agrotins. Ano passado atendeu bem as expectativas. Neste ano estaremos com novos equipamentos, novas máquinas para exposição e venda, portanto, estamos bastante esperançosos”, afirmou.

Sobre a feira

A Agrotins é a maior feira de tecnologia agropecuária da Amazônia e tem o objetivo de apresentar novidades para aperfeiçoar a produção, apoiar e incentivar o produtor a continuar produzindo uma agricultura sustentável.

O evento é organizado pelo Governo do Estado, por meio da Seagro e vinculadas, Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Instituto de Desenvolvimento Rural (Ruraltins) e Instituto de Terras do Tocantins (Itertins), em parceria com empresas, instituições de pesquisas educacionais, dentre outros.


Com Secom/Governo do TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.