publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 01 de abril de 2020
Siga a REDE TO

Estado

Agrotins: Campanha contra febre aftosa é aberta oficialmente

Multa para quem deixar de vacinar rebanho é de R$ 5,32 por animal

07/05/2015 20h30 | Atualizado em: 08/05/2015 18h26

Divulgação Após vacinar os animais, o produtor rural tem até 10 dias para comprovar o ato

A primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa foi aberta oficialmente na manhã desta quinta, 7, pelo governador do Estado, Marcelo Miranda. A solenidade ocorreu durante a abertura oficial da 15º Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins), no Centro Agrotecnológico de Palmas e contou com a participação do secretário de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária, Clemente Barros, do presidente da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Humberto Camelo, e demais autoridades.

O Tocantins celebra 18 anos livre de febre aftosa com vacinação e está habilitado para exportar carnes, produtos e subprodutos, para mais de 130 países. Em 2014, as exportações de carnes e miúdos ultrapassaram as 32 mil toneladas. “Sabemos da importância do nosso rebanho para a economia do Estado e tenho certeza que vamos superar os desafios”, ressaltou o governador.

A primeira etapa da campanha iniciou no dia 1º de maio e segue até o dia 31, e a expectativa é vacinar mais de oito milhões de bovídeos (bovinos e bubalinos). “O produtor rural tem atendido ao chamado do Governo do Estado e vacinado o rebanho, mas, a atenção deve ser redobrada para continuarmos alcançando altos índices vacinais, e no futuro próximo, tornarmos livre de febre aftosa sem vacinação”, disse Humberto Camelo.

Ainda durante a solenidade, o governador Marcelo Miranda entregou à delegada regional da Adapec de Pedro Afonso, Railda Marques Lima, 36 computadores e 13 impressoras, além de 14 notebooks e três impressoras portáteis. “É um reforço à qualidade e agilidade no atendimento aos produtores rurais”, disse Railda, acrescentando que na sua regional, que é composta por 12 municípios, o número de bovinos e bubalinos é de 358.139 animais e 4.178 produtores rurais.

Os materiais são oriundos de convênio firmado entre o Governo do Estado, por meio da Adapec, com o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

Campanha

Após vacinar os animais, o produtor rural tem até 10 dias para comprovar o ato, conforme a data da nota fiscal de compra da vacina, na unidade da Adapec, onde a ficha cadastral é movimentada. O produtor que deixar de vacinar poderá ser multado em R$ 5,32 por animal e R$ 127,69 por propriedade não declarada.

Realização

O evento é uma realização do Governo do Tocantins, através da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro) e suas vinculadas Instituto de Desenvolvimento Rural (Ruraltins), Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) e Instituto de Terras do Tocantins (Itertins).

Saiba mais sobre as atrações e novidades no site da Agrotins no endereço eletrônico www.agrotins.to.gov.br. A feira acontece no Centro Agrotecnológico de Palmas, saída para o município de Porto Nacional e segue até sábado, dia 9.

 

Da Secom/Governo do TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.