publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 09 de dezembro de 2019
Siga a REDE TO

Rede 190

Briga motivada por ciúmes termina com homem morto com tiro na cabeça: depoimento de testemunha deve ajudar a prender suspeito

11/05/2015 11h04 | Atualizado em: 11/05/2015 18h52

Foto cedida à REDE TO Marcos Antônio Abreu Chaves, de 34 anos, foi morto a tiros, na noite do último sábado, 09, no setor Vitória, em Araguaína

REDAÇÃO


Um homem foi assassinado a tiros na noite do último sábado, 09, em Araguaína. O crime aconteceu pouco antes da meia noite, no setor Vitória.

De acordo com a polícia, a vítima, Marcos Antônio Abreu Chaves, de 34 anos, estava bebendo com duas mulheres, em uma casa na rua Araranguá, quando um homem que teria envolvimento com uma delas chegou ao local.

O suspeito e Marcos Antônio começaram a trocar ofensas. A discussão evoluiu para a agressão física. Os dois entraram em luta corporal. Houve socos, empurrões e pontapés.

Durante a confusão, o suspeito sacou um revólver e atirou contra Marcos Antônio. Pelo menos um dos disparos atingiu a cabeça da vítima, que morreu no local.

O suspeito fugiu depois do crime e até a manhã desta segunda-feira, 11, não havia sido localizado. A dona da casa, que não teve o nome divulgado, prestou esclarecimentos na delegacia e foi liberada. O depoimento dela deve ajudar a polícia a identificar e a prender o atirador. 

A mulher por quem o suspeito era apaixonado deixou o local depois do crime e até o momento, também não foi encontrada. 

O corpo de Marcos Antônio foi encaminhado para autópsia no Instituto Médico Legal (IML) de Araguaína e liberado para sepultamento. 

A Polícia Civil (PC) abriu inquérito para investigar o caso. A principal linha de investigação aponta que o crime foi motivado por ciúmes. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.