publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 27 de maio de 2020
Siga a REDE TO

Estado

280 mil eleitores de mais 53 municípios passarão por revisão biométrica

15/05/2015 18h42 | Atualizado em: 15/05/2015 19h17

Arquivo/Agência Brasil Com o término da nova fase, o Tocantins terá cerca de 70% de seu eleitorado votando por meio da identificação das digitais

O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), por meio da Resolução 324 de 14 de maio de 2015, autorizou a 12 Zonas Eleitorais do Tocantins a procederem com a atualização ordinária do cadastro eleitoral com a identificação biométrica. Desta forma, os eleitores serão reconhecidos, nas eleições, por meio de suas digitais. Ao todo, serão 53 municípios, com cerca de 280 mil eleitores.

A Resolução aprovada pelo Tribunal Pleno durante a sessão da manhã desta quinta-feira atende determinação do Tribunal Superior Eleitoral e ao plano nacional de expansão do projeto de identificação biométrica do eleitorado, que deverá revisar biometricamente, em todo país, cerca de 54 milhões de eleitores durante o biênio 2015/2016.

A proposta do Tocantins foi elaborada pela Diretoria Geral e Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) e supera as expectativas do TSE que era de 255 mil eleitores a serem recadastrados no estado.

Os kits para o reconhecimento biométrico composto por dongle (licença do software) pad de assinatura (dispositivo eletrônico para assinatura do Requerimentos de Alistamento Eleitoral - RAE), coletor de digitais, câmera fotográfica e o módulo cenário painel (cenário que fica atrás do eleitor para a coleta da fotografia) serão distribuídos em breve aos cartórios eleitorais que participarão da quarta fase do recadastramento biométrico.

Com o término dessa nova fase, o Tocantins terá cerca de 70% de seu eleitorado votando por meio da identificação das digitais.

Outras fases

O recadastramento iniciou em 2009 nos municípios que compõem 23ª Zona Eleitoral (ZE) de Pedro Afonso (Bom Jesus do Tocantins, Pedro Afonso, Rio Sono, Santa Maria do Tocantins, Tupirama) e 14ª ZE de Alvorada (Alvorada, Figueirópolis, Talismã).

Em 2011 e 2012, a biometria foi estendida para a 2ª ZE de Gurupi (Aliança do Tocantins, Cariri do Tocantins, Crixas do Tocantins), e para a 7ª ZE de Paraíso (Abreulândia, Divinópolis do Tocantins, Marianópolis do Tocantins, Monte Santo).

Em 2013 e 2014 o processo foi realizado nos dois maiores colégios eleitorais do Estado, Palmas (29ª ZE) e Araguaína (1ª ZE), perfazendo 21 municípios com eleitores recadastrados e aptos ao voto biométrico, e por último, no município de São Félix do Tocantins, no final de dezembro de 2014.

 

Da Ascom/TRE-TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.