publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 23 de setembro de 2019
Siga a REDE TO

Rede 190

Empresário mata dono de bar com tiros de pistola após discussão por troco

05/06/2015 21h23 | Atualizado em: 10/06/2015 10h12

Luiz Ernandes/Divulgação O comerciante Ovídio Alves Ferreira, de 82 anos, foi morto a tiros, por um empresário, na noite desta sexta-feira, 05, em Araguaína: crime teve motivação banal

REDAÇÃO


Um comerciante foi morto a tiros, dentro de um bar, no começo da noite desta sexta-feira, 05, em Araguaína. O crime aconteceu em um estabelecimento na rua Dom Bosco, no bairro Senador, e, segundo apurou a REDE TO, teve motivação banal. 

A vítima é Ovídio Alves Ferreira, de 82 anos. O suspeito é o empresário Júnior Ferro (foto ao lado), um dos fundadores do cólegio Nerd's. Conforme relatos de testemunhas, os dois teriam se desentendido por causa de um troco.

Júnior tomou uma cerveja no bar de Ovídio e foi pagar a bebida com uma nota de R$ 50. O comerciante afirmou que não tinha troco e pediu a Ferro que pagasse depois. Júnior insistiu. Os dois bateram boca. Cansado da confusão, o idoso disse ao suspeito que ele não precisava mais pagar e que era para ir embora do estabelecimento porque ele não gostava de gente tatuada no local.

Revoltado, Ferro sacou uma pistola 380 e disse que ia ensinar Ovídio a "respeitar homem". O empresário atirou várias vezes contra o dono do bar. Os disparos foram efetuados à queima roupa. O idoso não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O corpo de Ovídio foi encaminhado para exames no Instituto Médico Legal (IML) de Araguaína. 

A PM informou que faz buscas na região a procura de Júnior Ferro, mas até o momento, o empresário não foi localizado. 
 

 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.