publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 27 de janeiro de 2021
Siga a REDE TO

Rede 190

Após denúncia anônima, polícia captura dois dos oito detentos que fugiram da CPP na sexta: jovens estavam escondidos em chácara

16/06/2015 19h44 | Atualizado em: 16/06/2015 20h15

Divulgação/PM-TO Marcos Soares da Silva, de 21 anos, e Pedro Henrique Silva Araújo, de 20, fugiram da CPP no fim da semana passada

REDAÇÃO


Após denúncia anônima, a polícia conseguiu recapturar na tarde desta segunda-feira, 15, dois dos oito fugitivos da Casa de Prisão Provisória (CPP) de Araguaína. São eles: Marcos Soares da Silva, de 21 anos, e Pedro Henrique Silva Araújo, de 20.

De acordo com a Polícia Militar (PM), os dois jovens foram localizados em uma chácara próximo ao balnerário Jacubinha. Marcos responde por assalto e crime de moeda falsa. Já Pedro foi indiciado por roubo. Os dois foram apresentados na Delegacia de Plantão e, em seguida, encaminhados, outra vez, para a CPP. 

Outros seis detentos continuam foragidos: Kenneth Handerson Coelho Lima (18 anos), Odair Vieira da Mota (21), Railson Alves Ribeiro (18), Carlos Nascimento Silva (26) e Thales Fernandes Soares e Evandro Silva Araújo (22). 

Os oito presos fugiram na madrugada da última sexta-feira, 12, por um buraco feito nas grades do solário, local onde ocorre o banho de sol. Eles teriam usado uma corda feita de lençóis para escalar até a abertura. 

Latrocínio

Evandro, um dos fugitivos, foi denunciado no último dia 31 de maio, pela morte do taxista Elesbão Alves da Silva, de Araguaína. O crime aconteceu no dia 19 de maio, próximo a cidade de Santa Fé do Araguaia. O suspeito se passou por cliente para roubar a vítima. Como se negou a entregar o carro, Elesbão foi assassinado com seis tiros e teve o corpo jogado dentro de um córrego. O crime contou com a participação de um adolescente. O menor e Evandro foram detidos no Pará, no dia seguinte ao latrocínio (roubo seguido de morte). 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.