publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sexta, 04 de dezembro de 2020
Siga a REDE TO

Municípios

Abertas inscrições para vagas de conselheiros tutelares

23/06/2015 11h46 | Atualizado em: 23/06/2015 11h59

Arquivo/Agência Brasil São vinte vagas para membros titulares, que cumprirão um mandato de quatro anos, com início em 10 de janeiro de 2016 e término em 9 de janeiro de 2020

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedes), iniciou o processo de escolha de novos conselheiros. As inscrições serão realizadas na sala do conselho instalada no prédio da Sedes, na 502 Sul, até o próximo dia 17, das 8h às 17h. Para mais informações acesse o edital, no seguinte link

O processo conta com as seguintes etapas: inscrição, prova de conhecimentos gerais para os candidatos cujas inscrições forem deferidas, avaliação psicológica para aprovados na prova de conhecimentos gerais, registro e divulgação da candidatura dos candidatos considerados aptos na avaliação psicológica, votação e nomeação.

São vinte vagas para membros titulares, que cumprirão um mandato de quatro anos, com início em 10 de janeiro de 2016 e término em 9 de janeiro de 2020. Serão convocados também suplentes para os conselheiros, obedecida à ordem de classificação, que atuarão durante as férias do conselheiro titular, licença médica e outras situações que a necessidade do serviço exigir.

O cidadão que desejar candidatar-se à função de conselheiro tutelar deverá atender, no ato da inscrição, as seguintes condições: ter reconhecida idoneidade moral; idade superior a 21 anos; residir no município há pelo menos dois anos; ter experiência em atividade de proteção, defesa, atendimento ou promoção dos direitos da criança e do adolescente e ter concluído o ensino médio.

Documentos

Ao realizar a inscrição, o candidato deverá apresentar original e cópia dos documentos, em uma via: carteira de identidade ou documento equivalente; Título de eleitor, com o comprovante de votação ou justificativa nas quatro últimas eleições; certidões negativas cíveis e criminais que comprovem não ter sido condenado ou estar respondendo, como réu, pela prática de infração penal, administrativa, ou conduta incompatível com a função de membro do Conselho Tutelar; certidão de quitação com as obrigações militares (sexo masculino); comprovante de experiência na área da infância e juventude; currículo e demais documentos especificados no edital.

O Conselho

A função de conselheiro tutelar é de dedicação exclusiva, sendo incompatível com o exercício de outra função pública ou privada. A jornada de trabalho de conselheiro tutelar é de das 8 às 18 horas, nos dias úteis, com plantões nos fins de semana e feriados, de acordo com o disposto na Lei Municipal nº 2777 e no Regimento Interno do Conselho Tutelar.

Da Secom/Prefeitura

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.