publicidade
publicidade
Araguaína-TO, terça, 18 de janeiro de 2022
Siga a REDE TO

Estado

Após quase um mês detido, deputado Mauro Carlesse é solto por decisão do STJ: parlamentar alega que chegou a acordo com a ex

28/08/2015 12h08 | Atualizado em: 28/08/2015 12h31

Divulgação O deputado estadual Mauro Carlesse ficou preso por mais de 20 dias em seu gabinete na Assembleia Legislativa (AL)

REDAÇÃO


Quase um mês depois de ser preso por não pagar pensão, o deputado estadual Mauro Carlesse (PTB) foi solto, na tarde da última quarta-feira, 26, por decisão do ministro
 João Otávio de Noronha, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Com a revogação da prisão, o parlamentar deixou a cela especial onde estava detido no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Palmas. 

Em nota, a assessoria de comunicação de Carlesse afirmou que “independente da decisão, as partes se compuseram pondo fim na demanda”. “Como homem público, o parlamentar esclarece o fim deste episódio, sem ferir o limite da ética e confundir este impasse pessoal com suas pretensões de trabalho pelo Tocantins”, completou o comunicado. 

O deputado ficou preso por mais de 20 dias em seu gabinete na Assembleia Legislativa. Enquanto esteve detido na Casa, Carlesse recebeu autorização judicial para participar das sessões promovidas pelo parlamento. Uma delas chegou a ser presidida pelo parlamentar. O episódio causou polêmica e Mauro e a AL foram alvos de críticas. 

Relembre

Mauro Carlesse foi preso no dia 31 de julho depois de se recusar a pagar a pensão alimentícia de R$ 50 mil a ex-mulher. A ordem de prisão foi expedida pela 2ª Vara Cível da Comarca de Barueri (SP), onde o processo corre em segredo de Justiça. Em todas as entrevistas que deu, o deputado afirmou que não tinha condições de pagar o valor exigido pela ex-companheira. O advogado do parlamentar recorreu da prisão, mas o pedido de habeas corpus foi negado pela justiça de primeiro grau. A defesa, então, recorreu ao STJ, que decidiu libertar o parlamentar. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.