publicidade
publicidade
Araguaína-TO, domingo, 28 de novembro de 2021
Siga a REDE TO

Estado

Servidores públicos federais realizam protesto contra mudança na proposta de reajuste salarial: manifestação acontece na Teotônio

22/09/2015 21h32 | Atualizado em: 23/09/2015 21h31

Divulgação Decisão de adiar reajuste salarial para agosto de 2016 desagradou servidores públicos federais

Os servidores do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Universidade Federal do Tocantins (UFT), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e sindicatos realizam manifestação nesta quinta-feira (23), na avenida Joaquim Teotônio Segurado, em frente à reitoria do IFTO, em Palmas.

O ato na capital segue as orientações do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasef), e, segundo os organizadores, é uma resposta ao "retrocesso imposto pelo governo federal após inúmeras rodadas de negociações".

Grande parte do funcionalismo havia acatado a proposta do governo de reajuste salarial de 10,8% em dois anos, com pagamento a partir de 1º de janeiro próximo. Os servidores afirmam, porém, que foram surpreendidos com a decisão de adiar o reajuste para agosto de 2016.

Segundo Flávio Mota, representante do SINTSEP (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Federal), os servidores "Não vão pagar o pato da falta governança e credibilidade do governo que não sustenta o que anuncia". 

Segundo Jesuino, representante do Sindicato dos Técnicos-Administrativo da UFT (Sintad/UFT), a greve na UFT essa semana completa 120 dias sem avanços. No IFTO 70% dos servidores aderiram à greve, estão paralisadas as atividades nos campus: Gurupi, Porto Nacional, Dianópolis, Paraiso, Palmas e Pedro Afonso continuam em greve, afirma o professor Expedito.

 

Com Ascom/SINTSEP-TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.