publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 20 de novembro de 2019
Siga a REDE TO

Municípios

Professores municipais cruzam os braços nesta quarta

30/09/2015 14h14 | Atualizado em: 30/09/2015 14h27

Divulgação Categoria decidiu entrar em greve durante assembleia geral realizada na manhã desta terça-feira, 30

Após avaliarem inconsistente a proposta de negociação do município, professores deflagram greve, nesta quarta-feira, 30, em assembleia geral. Na ocasião, a categoria reuniu-se para discutir e avaliar a contrapartida apresentada pelo Executivo as suas reivindicações.

Para o professor do CMEI Contos de Fada, Francisco Gardel, as respostas do município, enviadas por meio de ofício ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Tocantins (Sintet), não correspondem ao que alunos e profissionais precisam. “Nenhuma das nossas pautas foi atendida. O que nós vemos é a inexistência de respeito com a educação, não só com os professores”, disse.

Ainda segundo ele, na unidade educacional em que trabalha, não há condições de trabalho necessárias. “Nós improvisamos muitas coisas em sala de aula devido à falta de amparo legal e estrutura suficiente, como é o caso da climatização. O ar condicionado existe, mas não é ligado”, completou.

De acordo com o Sintet, as respostas enviadas pelo Executivo Municipal às reivindicações, como fim da meritocracia e do Projeto Salas Integradas, eleição de diretores, reajuste do custo-aluno, climatização efetiva das salas de aula entre outras, não atendem às necessidades da educação palmense. Em debate com a categoria em assembleia, foi decidido que a partir da próxima quarta-feira, 07/10, haverá paralisação por tempo indeterminado.

Na oportunidade, o vereador professor Júnior Geo (PROS) esteve presente para apoiar os professores. “Os professores precisam ser ouvidos. Quando não há diálogo e compromisso com o segmento, que é a base da cidadania, é preciso de fato se movimentar e lutar por isso”, enfatizou.

Com Ascom/Júnior Geo

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.