publicidade
publicidade
Araguaína-TO, Saturday, 13 de August de 2022
Siga a REDE TO

Educação

Araguaína e Gurupi serão contempladas com Centro de Línguas a partir de 2016

12/11/2015 17h56 | Atualizado em: 12/11/2015 23h50

Divulgação Equipes de trabalho, da Seduc, alinham planejamento do Centro para 2016

Atendendo à política educacional da educação integral e humanizada, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) expandirá em 2016 o Centro de Línguas para as cidades de Araguaína e Gurupi. O polo central, em Palmas, também será beneficiado com as mudanças: uma estrutura própria, dotada de salas de planejamento e recursos, que atenderá os alunos que se qualificam nas línguas inglesa e espanhola.

O critério de seleção dos alunos do Ensino Médio da Rede Pública Estadual de Ensino, que antes era feito pela participação em projetos desenvolvidos pela Seduc, agora será por ordem de chegada e será expandido para os alunos do 9º ano, do Ensino Fundamental. Professores e demais servidores da pasta serão contemplados com as vagas disponíveis no Centro. Com a expansão, o Centro passará a ofertar, no ano que vem, o total de 600 vagas nos três polos.

Para o secretário de Estado da Educação, Adão Francisco de Oliveira, a descentralização do Centro de Línguas contribui para a superação das desigualdades socioeducacionais, no Tocantins. “A descentralização dessa importante iniciativa, mesmo que a princípio seja nas maiores cidades do Estado, já é elemento importante para garantir maior absorção do público tocantinense dentro de um programa tão significativo [o Centro de Línguas]”, afirmou.

Desta forma, Adão Franscisco acrescentou que o próximo passo é que mais cidades sejam contempladas com o Centro de Línguas. “Temos um polo na região Central, Norte e Sul do Tocantins. Certamente o próximo passo é garantir que mais municípios do interior do Estado tenham acesso a esse programa tão fundamental para a nossa educação”, disse.

Todo o alinhamento e o planejamento do Centro para o ano de 2016 é realizado pela Diretoria de Diversidade e Projetos Educacionais da Seduc, em parceria com a gerência de Certificação e Normatização, gerência de Formação Continuada e gerência de Ensino Médio.

Os alunos terão maior suporte, durante a aprendizagem, através de um portal. Nele conterá biblioteca virtual, vídeos, agendas e demais materiais que complementem as atividades.

De acordo com o gerente de Projetos Educacionais, Júlio César, a proposta é que outras línguas sejam ofertadas no decorrer da expansão das ações do projeto. “O Centro de Línguas foi um projeto-piloto que deu muito certo. Prova disso foi a grande procura que tivemos. A Seduc tem buscado aperfeiçoar os seus projetos a fim de levar um ensino de qualidade aos tocantinenses e fazer, a cada dia, valer a política da educação integral e humanizada”, finalizou.

 

Da Secom/Governo do TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.