publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sábado, 24 de outubro de 2020
Siga a REDE TO

Estado

Claudia Lelis apresenta projetos do Tocantins a empresários franceses

04/12/2015 18h30 | Atualizado em: 04/12/2015 18h38

Divulgação Na reunião estava presente o presidente do instituto Thomas-More - Charles Millon, que já foi Ministro da Defesa da França e hoje é responsável pelo instituto e investe em programas ambientais

A vice-governadora, Claudia Lelis, que está em Paris (França) participando da 21ª Conferência do Clima das Nações Unidas (COP-21), esteve nesta sexta-feira, 4, reunida com empresários franceses que investem em projetos de sustentabilidade em países em desenvolvimento. A secretária de meio ambiente e recursos hídricos, Meire Carreira também participou da reunião.

Com projetos direcionados a esse segmento a vice-governadora apresentou aos investidores o potencial econômico e logístico do Tocantins, além de toda a diversidade ambiental existente, com programas de preservação do cerrado tocantinense e de áraas como o Jalapão.

Na reunião estava presente o presidente do instituto Thomas-More - Charles Millon, que já foi Ministro da Defesa da França e hoje é responsável pelo instituto e investe em programas ambientais.

Também o gerente da empresa SOS SOIL – George Oxley - especializada na execução de projetos de conservação de reservas nacionais e privadas, com foco no desenvolvimento sustentável. Também participaram da reunião a sócia diretora da empresa Intelstrat, Christianne de Livonniere, que também investe em programas sustentáveis.

Esses investidores executam projetos com fundos oriundos de medidas compensatórias levando em consideração a valorização da cultura local, a geração de renda, mas, principalmente levando em conta o desenvolvimento sustentável, uma bandeira que, nós, do Governo do Estado defendemos.

"Esse foi nosso primeiro contato e eles demostram muito interesse no artesanato de capim dourado, no babaçu e em nossa cadeia produtiva. Essa primeira reunião serviu para mostrar nosso interesse em buscar investidores que trabalham com sustentabilidade, agora vamos enviar os projetos solicitados pelos investidores e num segundo momento existe a possibilidade de uma visita do grupo francês ao Tocantins para que possam verificar de perto o nosso potencia!”, destacou a vice-governadora. Existe a possibilidade de parceria entre a SOS Soil e do Instituto Thomas-More para a captação de projetos de desenvolvimento sustentável a fundo perdido os chamados Fundos Verdes, anunciou Claudia Lelis, ressaltando o interesse dos investidores no Tocantins.

Essas empresas já trabalham com grupos como o Bittencourt, proprietária da marca l'Oreal, Carrefour entre outras grandes empresas multinacionais.

 

Da Secom/Governo do TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.