publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sábado, 24 de outubro de 2020
Siga a REDE TO

Municípios

Menos de 1% das residências têm focos do mosquito da dengue

07/12/2015 18h15 | Atualizado em: 07/12/2015 18h32

Arquivo/Agência Brasil O LIRAa, aponta que o Índice de Infestação Predial (IIP) que mede o grau de infestação do Aedes aegypti foi de 0,4 em Palmas

O resultado do Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) indicou que o município de Palmas está entre as 10 capitais com o índice satisfatórios, com menos de 1% das residências com larvas do mosquito em reservatórios com água parada. A situação satisfatória da Capital foi apontada em matéria divulgada pelo portal do Ministério da Saúde, ao lado de outras nove Capitais - Boa Vista, Fortaleza, João Pessoa, Teresina, Belo Horizonte, São Paulo, Brasília, Campo Grande e Curitiba. A matéria fala ainda das capitais em estado de alerta e situação de risco, como é o caso de Rio Branco.

O LIRAa, aponta que o Índice de Infestação Predial (IIP) que mede o grau de infestação do Aedes aegypti foi de 0,4 em Palmas, em dados levantados entre 19 e 23 de outubro, período programado para realização do LIRAa.

Segundo bióloga do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Lara Betânia, o município é dividido em estratos, nos quais eles têm a quantidade de imóveis a serem trabalhados e os agentes epidemiológicos os visitam de acordo com programa do próprio do LIRAa.

Ainda de acordo com o CCZ, o município de Palmas encontra-se em baixo risco de epidemia de dengue. O próximo levantamento do LIRAa acontecerá em fevereiro.

O secretário de Saúde, Whisllay Bastos destaca a importância de manter a mobilização contra a dengue. “Mesmo que o índice tenha sido considerado satisfatório, estamos convocando todas as lideranças de bairros, quadras e residentes, para a realização periódica de mutirões de remoção de criadouros, com o objetivo de proteger nossa família ao eliminar o Aedes de cada quadra e bairro desta cidade”, disse o secretário da Saúde, Whisllay Bastos.

 

Da Secom/Prefeitura

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.