publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quinta, 02 de abril de 2020
Siga a REDE TO

Estado

Polícia Civil: 43 alunos do curso de formação concluem provas de tiro

Os alunos concorrem a uma vaga ao cargo de Perito Criminal da PC do TO

06/10/2016 19h13 | Atualizado em: 07/10/2016 13h35

Divulgação Alunos participam de etapa do curso de formação Profissional do Concurso da Polícia Civil do Tocantins

A Secretaria da Segurança Pública (SSP), por meio da Academia da Polícia Civil (Acadepol) finalizou, na tarde da última terça-feira, 4, mais uma etapa do curso de formação Profissional do Concurso da Polícia Civil. Conforme o diretor da Acadepol, delegado Marcelo Falcão, 43 alunos aprovados e que concorrem a uma vaga ao cargo de Perito Criminal foram submetidos a provas do curso de manuseio e técnicas de disparo de arma de fogo, sendo que todos foram considerados aptos.

Os alunos tiveram 10 horas de treinamento teórico, em sala de aula e bases, onde foram orientados sobre o manuseio, montagem e desmontagem de armas de fogo, manutenção, regras de segurança, além de recarga tática, administrativa e de combate. Em seguida, os alunos foram ao estande de tiros do Clube de Tiro Esportivo e Caça de Palmas, onde foram avaliados pelos policiais civis e instrutores, Ariston Ribeiro de Araújo e Sóstenes Paiva Guimarães, do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE).

Durante as provas, os alunos foram avaliados nas variantes de tiro inicial, tiro com deslocamento lateral à esquerda e a direita, tiro em movimento, finalizando com provas de alvo fixo, com distâncias de três e cinco metros, onde cada aluno efetuava 10 disparos em um espaço de dois minutos.

Ainda de acordo com o diretor Marcelo Facão, os futuros policiais civis sendo orientados e instruídos, segundo os procedimentos mais modernos quanto à utilização de armas de fogo visando resguardar a própria segurança e a de terceiros. “Toda as instruções referentes a normas e procedimentos de tiro, tem sido cuidadosamente repassada aos alunos, pelos policiais civis do Gote, no intuito de que os mesmos estejam plenamente aptos a utilizar suas armas, no exercícios de suas atribuições como policiais civis do Tocantins”, frisou.  

 

Da Secom/Governo do TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.