publicidade
publicidade
Araguaína-TO, terça, 07 de dezembro de 2021
Siga a REDE TO

Estado

Servidora é acusada de entregar celular para presa

10/11/2016 21h31 | Atualizado em: 15/11/2016 00h15

Portal CNN/Fred Alves Ingresso de celular na Cadeia Feminina de Pedro Afonso levou o MPE a denunciar servidora pública e presidiária

O Ministério Publico Estadual (MPE) denunciou à Justiça uma servidora da Cadeia Pública Feminina de Pedro Afonso pelos crimes de corrupção passiva e prevaricação, em razão de a mesma ter recebido suborno para ingressar com um aparelho celular na unidade e entregá-lo a uma das presidiárias. Esta também foi denunciada, pelos crimes de corrupção ativa e favorecimento de autoridade pública.

A denúncia já foi recebida pelo Judiciário, bem como já foi acatado o pedido, formulado pelo MPE, referente ao afastamento da servidora da função pública e à sua proibição de acessar o prédio da Cadeia Feminina de Pedro Afonso. Esta medida visa impedir que a servidora intimide testemunhas ou continue a se utilizar do cargo para praticar infrações penais.

A servidora em questão é agente administrativa contratada pelo Estado para atuar como agente penitenciária. Ela teria praticado os crimes em outubro de 2015, em favor de uma presa provisória, visando o recebimento de suborno que variou de R$ 500,00 a R$ 1.000,00.

A denúncia referente ao caso foi apresentada pelo Promotor de Justiça Rafael Pinto Alamy, como resultado de uma investigação instaurada pelo MPE para averiguar a entrada de diversos aparelhos celulares na Cadeia Pública Feminina de Pedro Afonso no ano passado.

Além da prova material (no caso, o celular), foram apresentadas à Justiça diversas provas testemunhais que indicam a autoria dos crimes praticados pelas duas acusadas.

 

Com Ascom/MPE-TO 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.