publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 21 de outubro de 2019
Siga a REDE TO

Municípios

Licitação para obras no aeroporto deve ocorrer em abril

23/02/2017 11h24 | Atualizado em: 06/03/2017 14h10

Divulgação Durante a audiência, o ministro garantiu prioridade para a obra de modernização do Aeroporto de Araguaína

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR) esteve em reunião na tarde desta quarta-feira, 22, com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella Lessa, em Brasília. Durante a audiência, o ministro garantiu prioridade para a obra de modernização do Aeroporto da cidade, que atende toda a região, e liberação do orçamento para abril, quando deverá iniciar o processo de licitação das obras.

“Nós vamos atender as solicitações. E Araguaína é prioridade para o Governo Federal, é uma das cidades que mais crescem no Brasil e podemos garantir que a partir de abril a obra está garantida no PAC [Programa de Aceleração do Crescimento] e vamos dar uma grande recauchutada no Aeroporto de Araguaína”, afirmou o ministro.

O prefeito Ronaldo Dimas apontou que a garantia do ministro é positiva para a cidade. “Viemos buscar mais agilidade nesse processo que não tem caminhado na rapidez que a cidade precisa. Saímos daqui com uma garantia de que os recursos terão prioridade de liberação”, disse Dimas.

Escolas de tempo integral

Ainda nesta quarta-feira, Dimas conseguiu sinalização positiva para liberação de recursos para mais duas escolas de tempo integral na cidade e de recursos para as obras já em andamento na cidade, tanto de escolas como de creches. O prefeito foi recebido pelo presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro, e pelo assessor de orçamento da deputada federal Professora Dorinha, Carlos Manzini.

Ainda foi garantido que técnicos do fundo irão à cidade para treinar técnicos municipais que operarão o Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle do Ministério da Educação (Simec), que garante o andamento regular das obras e liberação de recursos dentro dos prazos previstos na execução das obras.

“Muitas cidades perdem prazos e até recursos por não saberem alimentar o sistema. Só no Tocantins, mais de 70 obras estão paradas por erros. Araguaína está na frente na alimentação do sistema e será sede para essa capacitação”, relatou Manzini.

 

Com Ascom/Prefeitura

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.