publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sexta, 22 de novembro de 2019
Siga a REDE TO

Rede 190

Jovem executado em Araguaína queria sair do mundo do crime

06/03/2017 11h12 | Atualizado em: 07/03/2017 18h52

Divulgação Em foto publicado no Facebook, Daniel Ferreira da Silva, conhecido como "De Menor", de 19 anos, aparece com um exemplar da Bíblia

REDAÇÃO


A Polícia Civil (PC) abriu inquérito para investigar a morte de um adolescente, ocorrida neste domingo, 05, em Araguaína, na região norte do Tocantins. Daniel Ferreira da Silva, conhecido como "De Menor", de 19 anos, foi encontrado morto no Distrito Agroindustrial de Araguaína (Daiara). 

De acordo com a Polícia Militar (PM), o corpo do jovem foi localizado por moradores. Alguns deles relataram ter ouvido disparos durante a madrugada. Daniel foi assassinado com vários tiros. Seis cápsulas de calibre 38 foram encontradas no local do crime.

O celular do jovem estava ao lado do corpo. Como não foi roubado, a Polícia Civil (PC) trabalha com a hipótese de que o homicídio tenha sido motivado por um acerto de contas. 

Daniel tinha várias passagens pela polícia por roubo, mas, segundo amigos e familiares, nos últimos tempos, o jovem parecia disposto a mudar de vida. No último dia 16, ele postou a seguinte mensagem em seu perfil no Facebook: "Deveríamos reclamar menos e agradecer mais. Agradecer por ouvir, falar, enxergar, andar, respirar e por ter a chance de um novo recomeço a cada amanhecer". 

O corpo de Daniel foi examinado no Instituto Médico Legal (IML) de Araguaína e liberado, neste domingo, para sepultamento. 

Até a conclusão deste texto, nenhum suspeito de envolvimento com o homicídio havia sido preso ou identificado. 



 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.