publicidade
publicidade
Araguaína-TO, domingo, 31 de maio de 2020
Siga a REDE TO

Rede 190

Ex-vereador de São Miguel é morto com 3 tiros na porta de casa

O crime aconteceu na noite da última terça-feira, 04; ninguém foi preso

04/04/2017 21h41 | Atualizado em: 06/04/2017 22h35

Divulgação Edilson Ferreira dos Santos, mais conhecido como Edilson do PT, de 45 anos, foi morto a tiros, na noite desta terça-feira, 04, em São Miguel do Tocantins

REDAÇÃO


Um secretário municipal foi morto a tiros, na noite desta terça-feira, 04, em São Miguel do Tocantins, no extremo-norte do estado, região do Bico do Papagaio.

De acordo com a Polícia Militar, o secretário de Esportes de São Miguel e ex-vereador do município, Edilson Ferreira dos Santos, mais conhecido como Edilson do PT, de 45 anos, foi assassinado a tiros, na porta da casa dele.

Testemunhas disseram que o secretário foi surpreendido por um homem em uma moto. O motociclista sacou um revólver e atirou três vezes contra Edilson.

O ex-vereador foi socorrido com vida, mas morreu ao dar entrada no Hospital Municipal de Imperatriz, no Maranhão. 

A PM informou que realiza buscas na região a procura do suspeito. Até a conclusão deste texto, ninguém havia sido preso. 


Nota do PT

Em nota, o Partido dos Trabalhadores lamentou a morte de Edilson e pediu agilidade na investigação e punição para o suspeito. Confira o comunicado, na íntegra:

O Partido dos Trabalhadores do Tocantins lamenta a morte do companheiro Edilson Ferreira dos Santos "Edilson do PT" que foi executado com três tiros na porta de sua residência em São Miguel, na noite desta terça-feira, 04.

Criado no município de Buriti, filho dos companheiros Rita e Ermílio família que já estava na luta junto com Padre Josimo quando ele foi assassinado, pessoas pacíficas e leais. Seu avô materno era militante da Luta dos Revoltosos de Trombas, do grupo do José Porfírio, povo que tem no sangue uma história de luta resistência, perseverança e de muita esperança.

Edilson ocupava o cargo de secretário de esportes do município de São Miguel, onde já ocupou cadeira no legislativo municipal pelo PT, de excelente convívio social não tinha problema com ninguém, era muito pacífico. Seu irmão foi vice-prefeito no município de Buriti pelo PT no mandato que encerrou-se no final de 2016, outros irmãos também são engajados na política.

Ele era integrante do diretório estadual do PT, coordenador da Macro do Bico 1 onde coordenou por vários anos seguidos as cidades do entorno ajudando no fortalecimento do Partido na região. Foi um dos coordenadores da campanha do Freitas em 2014. Edilson exercia a militância com doação social e de forma pacífica. Deixa esposa e filha.

Além da dor, sua morte causa estranheza por apresentar requintes de crueldade, o que parece um crime de pistolagem, um crime que precisa ser investigado e ter seu autor punido.

O PT Tocantins está em luto e unido com familiares e amigos de Edilson fazendo preces de conforto e de um bom descanso para o companheiro que dedicou sua vida ao bem social e a dias melhores para a comunidade.


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.