publicidade
publicidade
Max:31° Min:23°
Araguaína
Araguaína-TO, sábado, 29 de abril de 2017
Siga a REDE TO

Estado

Marcelo Miranda nega uso de caixa 2 e manda recado a adversários

Governador empossou ex-prefeito de Brasilândia do TO como secretário

18/04/2017 22h52 | Atualizado em: 19/04/2017 15h22

Divulgação/Lia Mara Governador Marcelo Miranda (PMDB) comentou denúncias contra ele durante a cerimônia de posse do novo secretário de Estado da Articulação Política

REDAÇÃO


O governador Marcelo Miranda (PMDB) empossou na tarde desta terça-feira, 18, o ex-prefeito de Brasilândia João Emídio Felipe de Miranda como o novo secretário de Estado da Articulação Política. A solenidade foi realizada no auditório do Palácio Araguaia e contou com a presença de várias autoridades.

“É uma honra tomar posse como secretário de Estado e poder fazer algo pelo Tocantins. Estamos prontos para melhorar ainda mais o relacionamento com todos os setores da sociedade e promover políticas públicas para toda a sociedade”, afirmou João Emídio. 

Ao dar posse ao novo secretário, Marcelo Miranda destacou a importância do diálogo para superar as adversidades. “Use a arma do diálogo, fazendo a política da boa vizinhança, ouvindo, avaliando e articulando de forma coerente”, recomendou o governador. 

Marcelo ressaltou a responsabilidade do novo auxiliar em manter a governabilidade e garantiu que não pretende, com a criação da secretaria, antecipar as eleições. “É importante fazer com que nossos adversários percebam que não assumimos para ficar medindo forças, mas para somar forças”, declarou. 

Denúncias 

Marcelo Miranda aproveitou a oportunidade para comentar o momento político que passa o país e o cenário de desgaste vivenciado em virtude de denúncias, em que, segundo ele, a maior prejudicada é a população. “Minha tristeza é perceber que somos taxados com os piores adjetivos, antes mesmo de sabermos do que realmente somos acusados e, nesse contexto, a população que nos elegeu é a grande prejudicada”, afirmou o governador.

Sobre a acusação de que ele teria recebido dinheiro de caixa 2 nas eleições de 2014, o governador disse que desconhece atos ilícitos durante a sua campanha e que está à disposição da Justiça para esclarecer qualquer fato. "Tenho a dizer que desconheço o recebimento de qualquer valor não registrado na minha campanha", finalizou. 

Perfil - João Emídio

João Emídio é natural de Tupiratins, agrônomo e ex-prefeito do município de Brasilândia, onde governou por cinco mandatos (um como vice e quatro como prefeito), e ex-presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM) na gestão 2015 - 2017. Foi três vezes premiado nacionalmente pelas experiências exitosas na gestão da merenda escolar e por duas vezes recebeu o Selo Unicef Município Aprovado, em 2013 e 2016, em reconhecimento às ações que culminaram na melhoria de indicadores nas áreas de saúde (mortalidade, dengue, nutrição), educação, esporte e cidadania.


Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.