publicidade
publicidade
Max:38° Min:21°
Araguaína
Araguaína-TO, terça, 24 de outubro de 2017
Siga a REDE TO

Estado

Governador entrega 51 veículos para a Secretaria da Fazenda

19/04/2017 19h08 | Atualizado em: 19/04/2017 21h01

Divulgação/Washington Luis Os veículos serão destinados as Delegacias Regionais da Receita em 11 cidades e para a sede da Sefaz, em Palmas

Dentro do Projeto de Modernização Fiscal do Estado do Tocantins (Profisco), o governador Marcelo Miranda (PMDB) entregou, no fim da tarde deste 19 de abril, 51 novos veículos para a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz). A nova frota será utilizada nas atividades do Fisco, no combate à sonegação e serão distribuídos conforme as necessidades das Delegacias Regionais da Receita.

“Todos nós sabemos que as atividades relacionadas ao Fisco constituem o maior instrumento de arrecadação fiscal da instituição Estado. Diante dessa responsabilidade, a entrega desses veículos para Secretaria da Fazenda adquire uma dimensão imensurável. Este é um ato que vai ao encontro da missão da Sefaz: de arrecadar e gerir recursos públicos com qualidade e eficiência, promovendo o equilíbrio fiscal e prestando serviços de excelência para os tocantinenses”, destacou o governador Marcelo Miranda.

Com investimento R$ 2 milhões em recursos oriundos do Profisco, os veículos serão destinados as Delegacias Regionais da Receita, situadas em Alvorada (4); Araguaína (10); Araguatins (1); Gurupi (5); Miracema (2); Palmas (6); Paraíso (7); Porto Nacional (2); Taguatinga (4); Tocantinópolis (1); Pedro Afonso (3); e Sefaz/sede (6).

Profisco

O Projeto de Modernização Fiscal do Estado do Tocantins visa estimular o aumento da arrecadação tributária, por meio da modernização de todos os setores da Secretaria da Fazenda. O projeto é o principal instrumento e origem de recursos para modernização da Secretaria da Fazenda e está permitindo uma ampla reestruturação da pasta, com a redefinição do conceito da Sefaz ideal – missão, visão, valores, organograma, unidades necessárias, perfis de servidores, funções e aquisição de equipamentos tecnológicos de ponta, entre outros.

Arrecadação

No período de janeiro a fevereiro de 2017, a arrecadação de receitas ordinárias cresceu 9,59% (nominal) comparando com o mesmo período do ano anterior, passando de R$ 896,92 milhões em 2016 para R$ 982,95 milhões em 2017.


 

Com Secom/Governo do TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.