publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 26 de outubro de 2020
Siga a REDE TO

Rede 190

Criminalidade: Aumento dos casos de violência assusta araguainenses

Assassinatos e tentativas de homicídio alimentam o medo no município

15/05/2017 19h35 | Atualizado em: 16/05/2017 22h14

Divulgação O último homicídio foi registrado na madrugada desta segunda-feira, 15: Gabriel Sousa Filho Nascimento, de 21 anos, foi morto a tiros na região da Feirinha

REDAÇÃO


Um jovem foi assassinado a tiros, na madrugada desta segunda-feira, 15, em Araguaína, na região norte do Tocantins. O crime aconteceu na região conhecida como Feirinha, uma das mais perigosas da cidade. 

De acordo com a Polícia Militar, a vítima é Gabriel Sousa Filho Nascimento, de 21 anos. Ele estava na rua 10 quando foi abordado, por volta das 00h10, por dois homens em uma motocicleta. O garupa sacou um revólver e atirou várias vezes contra o jovem. Gabriel foi atingido por sete disparos e morreu no local.

Os suspeitos fugiram depois do crime e até a conclusão deste texto, não haviam sido presos, nem identificados. A Polícia Civil (PC) informou que Gabriel era usuário de drogas e pode ter sido morto porque estava devendo para traficantes. 

O corpo de Gabriel foi examinado no Instituto Médico Legal (IML) e liberado para sepultamento nesta segunda. 

Outro homicídio

A violência tem assustado os araguainenses nos últimos dias. Na sexta-feira, 12, um suspeito foi morto depois de matar um PM em um assalto. O episódio foi seguido de várias tentativas de homicídio, uma delas, inclusive, na Feirinha. No sábado, 13, um homem foi morto, em um
 ponto de drogas na rua Euclides da Cunha, no setor JK. Rogério Carvalho da Silva, de 32 anos, levou 14 tiros. O crime também teria sido motivado por um acerto de contas relacionado ao tráfico. Ninguém foi preso. 

A Polícia Militar (PM) informou que tem reforçado o policiamento em Araguaína com ações preventivas e ostensivas em pontos estratégicos da cidade. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.