publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sábado, 24 de outubro de 2020
Siga a REDE TO

Vereador de Lajeado apresenta projeto que institui o Dia dos Pobres

22/05/2017 12h11 | Atualizado em: 23/05/2017 19h46

Fotos: Divulgação Projeto de Lei nº 7/2017, de autoria do vereador Edilson Mascarenhas (PTB), cria o Dia dos Pobres, feriado que deverá ser comemorado em Lajeado todos os anos em 17 de outubro

REDAÇÃO
 

Um projeto de lei  que tramita na Câmara de Lajeado, na região central do Tocantins, está dando o que falar. Idealizado pelo vereador Edilson Gonçalves Mascarenhas, do PTB, o PL nº 7/2017 cria o Dia dos Pobres, feriado que deverá ser comemorado todos os anos em 17 de outubro. 

A proposta, apresentada na sessão ordinária do último dia 16, informa que a data será "incluída no calendário municipal de eventos, e o município deverá dar publicidade e convidar todos os cidadãos e as instituições, públicas e privadas, para que se reúnam e exprimam sua vontade de lutar contra a pobreza".

Na justificativa, o vereador cita eventos históricos relacionados a luta mundial contra a pobreza, destaca a necessidade de políticas públicas para combater a miséria e pede o apoio dos colegas vereadores para a aprovação do projeto, que, segundo Edilson, irá "contribuir para a erradicação da pobreza pelo menos em nosso município".

O projeto foi encaminhado para as comissões da Casa e não há previsão de quando será votado pelo plenário. 

Repercussão

O projeto causou polêmica nas redes sociais. "O país já tem tanto feriado. Erradicação da pobreza se faz com trabalho, transparência na aplicação dos recursos públicos", afirmou um internauta na página da Câmara no Facebook. "Uma cidade tão rica, e tantas pessoas passando fome e desempregadas, deveriam fazer um projeto que favorecesse aos pobres o ano inteiro, e não apenas um dia para homenageá-los", opinou outro. 

Alguns moradores foram sarcásticos: "Na situação que Lajeado vai nesse dia será comemorado o dia nacional da população lajeadense", escreveu um jovem. Outros se mostraram incrédulos: "Eu não consigo acreditar que seja essa a finalidade do projeto! Estou assustada. Deve haver um equívoco, não é possível! Doeu. Dia do pobre?", questionou uma mulher. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.