publicidade
publicidade
Araguaína-TO, Monday, 04 de July de 2022
Siga a REDE TO

Rede 190

Gurupi: Polícia prende suspeito de assaltar banco e apreende arma

Homem teria participado de outro roubo milionário, no interior da BA

15/06/2017 12h27 | Atualizado em: 20/06/2017 20h57

Fotos: Divulgação/SSP-TO De acordo com a polícia, Gewides Moreira dos Santos, de 44 anos, teria cuidado da parte logística da ação criminosa

REDAÇÃO


Um homem foi preso, nesta quarta-feira, 14, em Gurupi, na região sul do Tocantins suspeito de envolvimento com o assalto a uma agência do Banco do Brasil no município, no último domingo, 11. Gewides Moreira dos Santos, de 44 anos, foi detido no fim da tarde, no setor Sol Nascente.

De acordo com o delegado Jacson Ribas, 
Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), Gewides estava morando em Gurupi e usava um nome falso. O suspeito teria cuidado da parte logística do assalto. A prisão preventiva dele foi decretada pela Justiça de Barreiras (BA). O homem teria participado de um roubo milionário a uma transportadora de valores na cidade baiana. Mais de R$ 10 milhões foram subtraídos da empresa em uma ação que contou até com armamento antiaéreo. 

Os agentes apreenderam com Gewides, uma caminhonete, celulares e um documento falso. Ele foi levado para a sede da Deic Sul e autuado em flagrante por uso de documento falso. Na ocasião, a polícia cumpriu o mandado de prisão em aberto, oriundo da Comarca de Barreiras. Depois de ser ouvido, o suspeito foi levado para a Casa de Prisão Provisória (CPP) de Gurupi. 

Também nesta quarta, a Polícia Militar (PM) apreendeu uma arma que teria sido usada no roubo ao Banco do Brasil de Gurupi. A carabina calibre 5.56 com um carregador e quatro munições intactas foram localizadas durante diligências na zona rural de Gurupi. 


Assalto em Gurupi

No domingo passado, a quadrilha que Gewides supostamente faria parte explodiu uma agência do Banco do Brasil, no centro de Gurupi, queimou veículos e fez várias pessoas reféns. A ação foi uma das mais ousadas e violentas dos últimos tempos no Tocantins. Uma mulher ficou ferida durante o tiroteio promovido pelos criminosos, que fugiram levando todo o dinheiro do cofre central do BB. Mais de R$ 5 milhões foram recuperados em um caminhão abandonado em uma fazenda em Cariri do Tocantins com duas caminhonetes. Armas, munições e explosivos foram apreendidos. Na madrugada de domingo, um outro homem que faria parte do grupo foi detido pela Polícia Rodoviária Federal na BR-153. Ele estava indo para a cidade participar do assalto quando o carro dele foi parado pela PRF.  Policiais do Tocantins e de Goiás continuam na região a procura de mais integrantes da organização criminosa. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.