publicidade
publicidade
Max:36° Min:21°
Araguaína
Araguaína-TO, domingo, 22 de outubro de 2017
Siga a REDE TO

Estado

Acidente entre ambulância e carro de passeio mata seis pessoas na TO-020

17/06/2017 22h05 | Atualizado em: 22/06/2017 15h27

Fotos: Divulgação A tragédia aconteceu na tarde deste sábado, 17, no km 40 da TO-020, entre as cidades de Palmas e Aparecida do Rio Negro, na região central do Tocantins

REDAÇÃO
 

Um acidente entre uma ambulância e um carro de passeio matou seis pessoas na tarde deste sábado, 17, no km 40 da TO-020, entre as cidades de Palmas e Aparecida do Rio Negro, na região central do Tocantins.

De acordo com a Polícia Militar (PM), os veículos bateram de frente depois que um deles invadiu a pista contrária. Com a colisão, ambos saíram da estrada e pegaram fogo. As duas pessoas que estavam no carro e os quatro ocupantes da ambulância morreram carbonizados.

O incêndio só foi totalmente controlado com a chegada dos bombeiros. Os veículos foram completamente destruídos pelas chamas.

Após perícia no local da tragédia, os corpos das seis vítimas foram levados para exames e identificação no Instituto Médico Legal (IML) da capital e liberados para sepultamento. O 

A ambulância era do município de Aparecida do Rio Negro e seguia com a paciente Diraci Gomes da Silva (62 anos), que tinha desmaiado em casa, para o Hospital Geral de Palmas (HGP). A idosa estava na parte de trás do veículo com a técnica de enfermagem Maria Edivania da Silva Alves (34). Na frente, estavam o motorista Elias Barbosa Lima (31) e o filho de Diraci, Josivaldo Gomes da Silva (28). 

A notícia da tragédia abalou o município de pouco mais de 4 mil habitantes. A Prefeitura de Aparecida do Rio Negro decretou luto oficial de três. Os corpos das quatro vítimas foram velados em um ginásio. Centenas de pessoas, muitas delas de outras cidades, passaram pelo local. O enterro foi marcado por muita tristeza e comoção.  

No carro de passeio, estavam Aparecida Lopes Santos (59) e Elson Machado de Oliveira (41). Ambos moravam em Palmas, onde foram sepultados. 


Segundo a Polícia Científica, o laudo com as causas do acidente deve ficar pronto em até 30 dias. 

 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.