publicidade
publicidade
Araguaína-TO, domingo, 08 de dezembro de 2019
Siga a REDE TO

Por decisão do STJ, Roger Abdelmassih volta para prisão domiciliar

04/07/2017 15h57 | Atualizado em: 04/07/2017 16h03

Arquivo/Agência Brasil Ex-médico foi condenado a 181 anos de prisão por 48 estupros de 37 pacientes

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou nesta terça-feira (4) que o ex-médico Roger Abdelmassih, de 74 anos, volte a cumprir prisão domiciliar.

O habeas corpus do ex-médico, condenado a 181 anos de prisão por 48 estupros de 37 pacientes, foi aceito pela presidente do tribunal, ministra Laurita Vaz. Ao julgar recurso, a ministra entendeu que houve um erro processual durante a tramitação da liminar.

Na semana passada, nove dias depois de ter recebido autorização para cumprir pena em prisão domiciliar, Abdelmassih retornou à Penitenciária de Tremembé, em São Paulo, por determinação da segunda instância da Justiça, que acolheu recurso do Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP).

 

Da Agência Brasil

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.