publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quinta, 04 de junho de 2020
Siga a REDE TO

Estado

Bailarino do Tocantins conquista prêmio em competição nos EUA

Maicon Cardoso ficou na 2ª colocação em evento de academia em Nova York

31/07/2017 15h31 | Atualizado em: 01/08/2017 19h40

Arquivo Pessoal Maicon foi o único brasileiro premiado na categoria solo livre da competição da Academia Americana de Balé

O bailarino tocantinense Maicon Cardoso recebeu, nesta semana, mais um prêmio para sua coleção: o segundo lugar na categoria solo livre em competição da Academia Americana de Balé (American Academy of Ballet), em Nova York. Ele foi o único brasileiro a ser premiado na modalidade e ainda conquistou o título de Mister Summer 2017 da Academy of Ballet. Maicon está nos Estados Unidos desde o dia 24 de junho, depois de ter sido contemplado com duas bolsas de estudos em importantes escolas de dança mundiais: Joffrey Ballet e American Academy of Ballet.

Para o jovem bailarino, o prêmio é o reconhecimento de muito esforço e dedicação. “É maravilhoso ver o resultado de tanto trabalho. Perceber que meu empenho e paixão pela dança estão sendo reconhecidos é indescritível. Durante os cursos, a rotina é muito puxada, mas o aprendizado é inigualável. A dança é a minha vida e dou o melhor de mim a cada oportunidade que tenho de crescer profissionalmente”, enfatizou.

O jovem dançarino é integrante do Balé Popular do Tocantins, projeto do Governo do Tocantins, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), que oferta aulas gratuitas de dança a mais de 200 crianças e jovens de Palmas.

Para ir aos Estados Unidos da América, Maicon contou com o apoio do Governo do Estado, da Prefeitura de Palmas e de parceiros do comércio. “Só tenho a agradecer por acreditarem no meu potencial e colaborarem para que esse sonho de ser um grande bailarino se concretize. A minha gratidão a todos que ajudaram será demonstrada com meu esforço e dedicação para representar bem o Tocantins no exterior”, ressaltou.

O projeto de Maicon era retornar ao Brasil no final de julho, mas a performance do tocantinense nas aulas rendeu a ele o convite para mais uma semana de curso e participações em diversas audições com olheiros das melhores companhias de dança do mundo. “Essa é uma chance de ser descoberto pelas grandes escolas. Vou dar o melhor de mim para representar bem o Tocantins e o Brasil”, afirmou.

 

Da Secom/Governo do TO

Leia sobre: BaléCulturaDançaMaicon CardosoNova YorkTocantins
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.