publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 23 de outubro de 2019
Siga a REDE TO

Oportunidades

Concurso do Tribunal Regional Eleitoral do TO tem edital divulgado

18/08/2017 10h18 | Atualizado em: 21/08/2017 11h59

Divulgação Ao todo, são oferecidas 10 vagas de preenchimento imediato, sendo cinco para cargos de nível médio (técnico judiciário) e cinco para cargos de nível superior (analista judiciário)

REDAÇÃO


Já está disponível na internet o edital do concurso público do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins. O documento foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesta sexta-feira, 18, e pode ser conferido clicando neste link.  

Organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), denominado Cespe,
 o certame irá oferecer 10 vagas de preenchimento imediato, sendo cinco para nível superior e outras cinco para nível médio/técnico, além das que surgirem durante o tempo de validade do certame, que é de dois anos, prorrogáveis por mais dois. 

São três vagas para técnico judiciário na área Administrativa; duas para técnico judiciário na área de Tecnologia da Informação; duas para analista judiciário na área Contábil; três para analista judiciário na área Judiciária; e formação de cadastro de reserva para o cargo de analista judiciário na área administrativa. 

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais com remuneração que varia entre R$ 6.376,41 (técnico judiciário) e R$ 10.461,90 (analista judiciário).


As inscrições devem ser realizadas no site do Cespe/UnB entre os dias 4 de setembro e 2 de outubro. O valor da taxa é de R$ 95 para o cargo de analista judiciário e de R$ 75 para técnico judiciário.

Com duração de quatro horas e 30 minutos, as provas serão realizadas no dia 3 de dezembro, em Palmas. Para os cargos de nível superior, pela manhã e para os de nível médio, durante o período vespertino. Serão 60 questões de múltipla escolha, sendo 20 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimento específico, e uma questão discursiva. 

O último concurso do tribunal foi realizado em 2010 pela Fundação Carlos Chagas e venceu em junho de 2015.
 

 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.