publicidade
publicidade
Araguaína-TO, domingo, 28 de novembro de 2021
Siga a REDE TO

Rede 190

Operação contra o tráfico termina com prisões e morte

18/08/2017 18h12 | Atualizado em: 21/08/2017 13h09

Divulgação/SSP-TO Polícia apreendeu com quadrilha três quilos de cocaína, um quilo de maconha, balança de precisão e vários eletrodomésticos

REDAÇÃO


Uma operação da Polícia Civil (PC), batizada de "El Cisne", terminou com a prisão, na madrugada desta sexta-feira, 18, em Palmas, de cinco pessoas por envolvimento com o tráfico de drogas e a morte de um sexto suspeito. Os detidos são: Silas Corsino Silva, vulgo “Marreco” (29 anos), Ana Maria Alves Santos (52), Cleyton Alves Mendes, vulgo “Miojo” (32), Marcos Pedro dos Santos (20), e Guilherme Santana Nascimento, vulgo "Guisan” (21). Franceildo Gomes Sobrinho morreu após trocar tiros com a polícia.

De acordo com a delegada Luciana Coelho Midlej, titular da Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos, (DENARC), além de tráfico, a quadrilha, comandada por Silas, também era investigada por envolvimento com furtos e assaltos.

No momento da abordagem, o grupo encontrava-se reunido na casa de Clayton, no setor Santa Fé, na região sul da capital. Com a chegada da polícia, alguns suspeitos, contra quem havia mandados de prisão em aberto, tentaram fugir, mas acabaram capturados. 

Segundo a Denarc, Guisan e Pepeta são suspeitos de terem cometido um roubo, minutos antes da chegada dos policiais civis. Assim que notaram a chegada dos agentes à residência no Santa Fé, os dois empreenderam fuga levando consigo duas armas usadas no assalto. O homem foi detido enquanto tentava pular o muro. Já a mulher foi presa em um lote vizinho. 

Franceildo, que também tentou fugir, foi baleado depois de atirar contra os agentes da especializada. Ele chegou a ser socorrido com vida, mas morreu ao dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Sul. Já a mulher foi presa em um lote vizinho. 

Com a quadrilha, foram apreendidos, além de dois revólveres, 2 kg de cocaína, 1 kg de maconha, balança de precisão e diversos eletroeletrônicos. Silas, Cleyton, Guilherme, Marcos Pedro e Ana Maria foram levados para a sede da Denarc e autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Os homens estão detidos na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Palmas, enquanto a mulher foi encarcerada na Unidade Prisional Feminina da Capital. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.