publicidade
publicidade
Araguaína-TO, terça, 17 de setembro de 2019
Siga a REDE TO

Estado

Adapec apreende e destrói 500 quilos de queijo clandestino no TO

22/08/2017 21h55 | Atualizado em: 22/08/2017 22h03

Divulgação/Adapec O proprietário da carga foi autuado em R$ 5 mil reais e os queijos foram destruídos no aterro sanitário da cidade de Santa Fé

Uma ação da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) e da Polícia Militar (PM) realizada na manhã desta terça-feira, 22, terminou com a apreensão de 500 quilos de queijos impróprios para o consumo na barreira fixa de Porto Lemos, no município de Santa Fé do Araguaia, na divisa do Tocantins com o Estado do Pará. O proprietário da carga foi autuado em R$ 5 mil reais e os queijos foram destruídos no aterro sanitário da cidade de Santa Fé.

O fato foi descoberto após a Polícia Militar abordar uma caminhonete e descobrirem que na carroceria havia um carregamento de queijos. Os policiais acionaram os fiscais da Adapec da barreira fixa que verificaram que os produtos possuíam selo de inspeção do Pará, portanto, não deveriam ser comercializados fora daquele estado. Além disso, estavam mal acondicionados e sem refrigeração adequada conforme prevê a legislação. Os fiscais aprenderam os produtos e emitiram auto de infração e termo de destruição.

O supervisor técnico da área animal da regional da Adapec de Araguaína, Marques Barbosa, contou que a carga saiu do município de Xinguara – PA e seria comercializada no município de Aragominas – TO, além disso, foi encontrada dentro do veículo, uma balança de precisão, que gerou a suspeita que o queijo poderia ser comercializado de maneira fracionada.

“Este tipo de ação visa coibir a entrada de produtos clandestinos e sem autorização comercial em nosso estado para não colocar em risco a saúde da população” disse o presidente da Adapec, Humberto Camelo.  

 

Com Secom/Governo do TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.