publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 18 de setembro de 2019
Siga a REDE TO

Rede 190

Homem é morto a facadas durante festa e um dos suspeitos acaba preso

28/08/2017 21h35 | Atualizado em: 30/08/2017 11h12

Foto: TocNotícias; Edição: REDE TO Elizon de Jesus Santos, 30 anos, apontado pela polícia como um dos autores da morte de Allen Pereira Rodrigues; crime ocorreu no sábado, 26, em Tocantinópolis, no extremo norte do Tocantins

REDAÇÃO


Um homem foi preso, na tarde deste domingo, 27, suspeito de matar outro, em Tocantinópolis, no extremo norte do Tocantins. Elizon de Jesus Santos, 30 anos, é apontado pela polícia como um dos autores da morte de Allen Pereira Rodrigues. O crime aconteceu no último sábado 26, no setor Alto Bonito, e Santos foi capturado quando se encontrava na casa de parentes.

“Visando dar uma pronta resposta à sociedade, descobrimos que Elizon, em companhia de Rugieri Bandeira Lima, vulgo “Véi”, foram os autores do homicídio e, desta maneira, intensificamos as buscas e prendemos o primeiro indivíduo, poucas horas após o crime”, ressaltou o delegado regional Thiago Daniel de Morais. 

Conforme as investigações, Rugieri e Allen estavam em uma festa, no Alto Bonito, quando, em determinado momento, se encontraram e houve um desentendimento entre eles. Durante a briga, Elizon segurou a vítima enquanto Rugierie, armado com uma faca, desferiu vários golpes em Alen, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

O delegado afirma que o crime pode ter sido motivado por vingança, uma vez que Allen havia furtado um celular de Rugieri e também roubado o comércio de propriedade dos pais de Elizon, há poucas semanas.“Inicialmente, trabalhamos com a hipótese de o crime ter sido motivado por vingança, uma vez que a vítima e os dois suspeitos têm passagem pela polícia e já haviam se desentendido em um passado recente, sendo que no roubo ao comércio, Allen teria agredido o pai de Elizon com um soco”, frisou a autoridade policial. 

Elizon foi encaminhado para a sede da Central de Flagrantes da Polícia Civil e, após ser autuado por homicídio qualificado, recolhido na Cadeia Pública de Tocantinópolis. 

De acordo com a Polícia Civil (PC), as investigações continuam a fim de localizar e prender Rugieri, apontado como o segundo autor do homicídio que se encontra foragido.


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.