publicidade
Araguaína-TO, quarta, 12 de agosto de 2020
Siga a REDE TO

Rede 190

Tráfico: Polícia prende quadrilha chefiada por mulher em Pindorama

Seis pessoas foram presas suspeitas de ligação com o tráfico de drogas

31/08/2017 20h13 | Atualizado em: 01/09/2017 17h19

Divulgação/SSP-TO

REDAÇÃO


Uma operação de cobate à criminalidade terminou com a prisão, nesta quinta-feira, 31, de uma quadrilha formada por traficantes de drogas que atuava em Pindorama, na região sudeste do Tocantins. Foram detidos: Lorrany Silva Costa, vulgo “Lolita” (23 anos), apontada como a chefe da organização criminosa, Deocleciano Batista de Sousa, vulgo "Negão" (29), Willon de Moura Brasil (20), Tiago Silva de Lima, vulgo “Assombração” (24), Giziela Almeida de Oliveira (20) e Jaqueline Pereira Lima (25). 

A operação, batizada de Nabokov, foi comandada pelos delegados Emerson Francisco Moura e Wagner Rayelli. Durante os trabalhos, a Polícia Civil (PC) cumpriu vários mandados de busca e apreensão em locais previamente mapeados como "bocas de fumo".

Além das três mulheres e dos dois homens presos, os agentes também apreenderam uma adolescente de 13 anos suspeita de fazer parte da quadrilha.  

A operação localizou e apreendeu em quatro locais da cidade, centenas de porções de maconha, crack, insumos para embalar a droga, balança de precisão e dinheiro proveniente da venda de entorpecente.


Os suspeitos foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Porto Nacional, onde foram autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Lorrany, Giziela e Jaqueline foram recolhidas na Unidade Prisional Feminina de Palmas. Já Deocleciano e Willon estão detidos na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Porto. A adolescente detida foi autuada por ato infracional análogo ao tráfico de drogas e liberada. 

De acordo com a polícia, a Nabokov recebeu esse nome em alusão ao escritor russo Vladmir Nabokov, autor do Clássico “Lolita”, codinome do principal alvo da operação.  


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.