publicidade
publicidade
Max:35° Min:21°
Araguaína
Araguaína-TO, terça, 21 de agosto de 2018
Siga a REDE TO

Estado

Detran suspende dez autoescolas de oito cidades do Tocantins

O departamento justifica a medida alegando pendências documentais

18/10/2017 23h18 | Atualizado em: 20/10/2017 21h42

Divulgação As empresas não poderão atuar até que as investigações sejam encerradas

REDAÇÃO
REDE TO


A suspeita de irregularidades levou a suspensão de dez autoescolas em oito cidades do Tocantins. A decisão de paralisar as atividades das empresas foi publicada na edição desta terça-feira, 17, do Diário Oficial do Estado

A portaria, assinada pelo presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), coronel Eudilon Donizete Pereira, cita que as autoescolas respondem a processo administrativo disciplinar por "inconsistências encontradas na documentação apresentada para o recredenciamento 2017".

As empresas não poderão atuar até que as investigações sejam encerradas. O prazo para a conclusão dos trabalhos é de 60 dias, prorrogáveis por mais 60.

Segundo o Detran, a interrupção dos serviços não irá prejudicar os alunos que estão tirando a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas empresas suspensas. O departamento, porém, não explicou como ficarão os processos enquanto as autoescolas estiverem impossibilitadas de oferecer aulas.

As empresas descredenciadas de forma cautelar ficam localizadas nas seguintes cidades: Araguaína, Araguatins, Augustinópolis, Filadélfia, Formoso do Araguaia, Palmas, São Miguel do Tocantins e Tocantinópolis. 

Confira os nomes:

- Assunção Filho e Centro de Formação de Condutores de Veículos Araguaína Eireli - Araguaína;
- Torres & Santos – Araguatins;
- Autoescola Bico do Papagaio – Augustinópolis;
- Autoescola Filadélfia – Filadélfia;
- AR Cavalcante – Formoso do Araguaia;
- Tereza A. dos Santos (Autoescola Tocantins) e Autoescola Radar - Palmas;
- Antônio Augusto de Sousa & Filho (Autoescola do Bico) – São Miguel do Tocantins;
- Hamilton Melo Santos & CIA – Tocantinópolis.


O que dizem as empresas

A REDE TO conseguiu falar com representantes de três empresas. A Hamilton Melo Santos & CIA disse que vai entrar com uma ação na Justiça com pedido de liminar para garantir que as atividades da empresa não sejam paralisadas. A
 Autoescola Bico do Papagaio e  a Autoescola do Bico informaram que estão regularizando os documentos junto ao Detran.

O espaço está aberto para que as outras autoescolas citadas na reportagem se manifestem. As notas com os posicionamentos das empresas devem ser encaminhadas para redacao@redeto.com.br

 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.