publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sábado, 07 de dezembro de 2019
Siga a REDE TO

Rede 190

Homem e jovem são mortos a tiros em Araguaína e Gurupi

Polícia suspeita que os crimes tenham sido motivados por acerto de contas

20/11/2017 14h17 | Atualizado em: 21/11/2017 23h54

Fotomontagem REDE TO Pediran Alves da Silva, de 37 anos, foi assassinado, em Araguaína, norte do Tocantins, e Halleson Shelry Costa Almeida, em Gurupi, no sul do estado

REDAÇÃO
REDE TO


Um assassinato foi registrado em Araguaína, norte do Tocantins e outro em Gurupi, sul do estado, neste domingo, 19. Em ambos os crimes, as vítimas foram mortas a tiros, nenhum suspeito foi preso e a polícia suspeita de acerto de contas.

Araguaína

Em Araguaína, o homicídio ocorreu por volta das 20h30, na rua Dourados, na Vila Azul. A vítima é o açougueiro Pediran Alves da Silva, de 37 anos. Ele tinha acabado de chegar em casa com a esposa e a filha pequena e se preparava para guardar o carro, quando  a família foi surpreendida por dois homens em uma motocicleta.

Armado com um revólver, o passageiro da moto desceu do veículo e depois de gritar "perdeu, perdeu", atirou contra Pediran. O açougueiro foi atingido na cabeça por vários disparos e morreu no local. Os criminosos fugiram em seguida em direção à BR-153.  

À polícia, a esposa de Pediran disse que os homens não anunciaram assalto e também não levaram nenhum objeto.

O corpo do açougueiro foi examinado no Instituto Médico Legal de Araguaína e liberado para sepultamento. 

Gurupi

Em Gurupi, o assassinato foi registrado por volta das 20 horas, próximo à Escola Municipal Lenival Correia Ferreira, no setor Alto da Boa Vista. A vítima é Halleson Shelry Costa Almeida. O jovem chegou a correr, mas morreu em frente a uma casa após ser baleado com cinco tiros. Os disparos foram efetuados pelo passageiro de uma motocicleta. A dupla fugiu sem levar nada. O corpo de Halleson passou por exames no IML da cidade e foi liberado para sepultamento. 

Investigações

Os assassinatos serão investigados pela Polícia Civil (PC). A suspeita inicial é que tanto Pediran quanto Halleson tenham sido executados e os homicídios motivados por acerto de contas. Até a conclusão deste texto, nenhum suspeito tinha sido preso ou identificado. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.