publicidade
publicidade
Max:33° Min:22°
Araguaína
Araguaína-TO, domingo, 18 de novembro de 2018
Siga a REDE TO

Municípios

Gurupi: Postos terão que explicar aumento no preço da gasolina

18 estabelecimentos foram notificados e vão ter justificar reajuste ao Procon

23/11/2017 22h11 | Atualizado em: 27/11/2017 18h37

Fotos: Divulgação/Procon-TO Procon constatou aumento de preços em 18 postos de combustível de Gurupi e quer explicações para reajustes

Nesta sexta-feira, 24 o núcleo do Procon de Gurupi realizou um arrastão pelos estabelecimentos de diversos setores da cidade com o objetivo coibir irregularidades nos de preços durante a Black Friday. Por meio da imprensa o gerente Cleicivon de Souza Martins alertou os consumidores sobre os cuidados que precisam ter sobre a promoção desta sexta-feira.

Durante as atividades pontuais do órgão, realizadas na última segunda-feira, 19, a equipe de fiscalização constatou aumento de preços em 18 postos de combustível. Os postos irregulares foram notificados para que no prazo de 30 dias apresentem documentos que justifiquem o aumento praticado. Na operação os técnicos também constataram que quatro postos acataram as reduções anunciadas pela Petrobras, no último dia 18, de 5,2% no preço do combustível.

Os supermercados também foram alvos das ações Procon. A pedido do Ministério Público Estadual (MPE), durante o mês de novembro, houve fiscalização em 18 supermercados. Na operação, foram apreendidos 1048 produtos de 12 supermercados os quais foram autuados.

Segundo o gerente do Núcleo do Procon em Gurupi, Cleicivon de Souza Martins, os produtos apreendidos se encontram fora da validade, sem informações básicas para o consumidor, como data de fabricação, preço, vencimento, entre outras irregularidades. “As mercadorias que se encontram com a validade vencida serão incinerados e nós estamos trabalhando, incansavelmente, para garantir o direito do consumidor”, declarou acrescentando que ao se aproximar as festas de fim de ano ou em quaisquer outras datas comemorativas e promocionais redobramos nossa atenção para que o consumidor não caia em armadilhas e tenha seus direitos preservados.

Com Secom/Governo do TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.